A carregar...

Ministério da educação culpa ex- governadora pela venda da escola “189”

1 1 1 1 1 Como classifica este artigo? 1.00 (1 Voto)

Lisboa – Funcionários da educação  conotados  ao gabinete do Ministro Pinda Simão atiram culpas a antiga governadora de Luanda, Francisca do Espírito Santos no que diz respeito ao terreno da escola  primaria “189” cedida para construir a sede do Banco BESA, na qual a filha do Presidente, Isabel dos Santos e o General “Kopelipa”  se encontram entre os accionistas, para além de outras figuras do círculo restrito do Presidente da República.


Fonte: Club-k.net

Esquema de  venda de escolas públicas

“Sobre a venda daquela escola, quem vendeu  ao BESA  foi a então Governadora Provincial de Luanda, Francisca do Espírito Santo. Na altura, ela não havia  sequer prestado informação sobre a venda a Delegação Provincial da Educação de Luanda como a municipal”, disse uma das  fontes  que condicionou o anonimato.


Francisca do Espírito Santo,  segundo a mesma  fonte “ordenou apenas  que esvaziassem a escola, transferindo os alunos para outros estabelecimento  alegando  que  seriam  feitas obras de reabilitação.”


Na  altura em que ocorreu a venda do espaço público, a cerca de 4 anos atrás, o semanário AGORA  contactou  o porta-voz do Governo Provincial de Luanda,  Ladislau Silva, mas  desconhecia o facto tendo solicitado  esclarecimentos a delegação provincial da educação  ao qual  foi  informado que só o responsável pelo protocolo e a  então  governadora provincial  é quem dominavam  este  dossiê”


Em simultâneo circulam versões em meios do ministério apresentado o delegado provincial da Educação de Luanda, André  Soma como figura facilitadora dos esquemas dos terrenos escolares com realce  a escola primaria “189”, cedida ao BSEA, que fica  localizada  na  rua  10 de Dezembro, junto à Procuradoria Militar, no cruzamento com a Rua 17 de Setembro, que dá ao Palácio Presidencial.
 

Ainda na senda das apropriações de vendas de escolas públicas, para fins particulares,  por parte de governantes angolanos, circulam informações  aludindo  que o dossiê da  escola 1º de Agosto, localizada no ex -  largo da Maianga tem sido pressionado  pelo dono do Colégio Gregório e Semedo para que seja revertida em seu favor.


A  Escola Pioneiro Zeca e a Escola ao lado da ERT que andaram paralisadas foram igualmente compradas por entidades privadas. A   escola Mutu Ya Kevela, parada a cerca de cinco anos,  é também pronunciada como estando sondadas  nas intenções comercias  de personalidades ligadas ao regime angolano.  Informações  oficialmente nunca esclarecidas,  aludem que há intenções  de se erguer uma Universidade Privada que poderia se chamar  algo como Universidade Privada/Técnica José Eduardo dos Santos. 


Outra escola pública que também foi vendida a vários anos e convertida em colégio privado, está localizada  em frente a Universidade Metodista. Atende hoje pelo  nome de  Colégio Colina do Sol. Desconhece-se a entidade do Ministério da Educação ou do GPL que terá vendido o estabelecimento do Estado para servir os seus interesses privados.






Debate o tópico nas redes sociais:





Debate no Club-K:


NOTA: Os comentários postados neste portal são publicados sem edição prévia e são da exclusiva responsabilidade dos seus autores. Por favor, leia os Termos de Uso. O Club-K reserva-se ao direito de moderar os comentários suspeitos de conter palavras ofensivas e apagar os que não cumpram as regras.



Comentários Arquivados:



Actualizar comentários 

0 Desconhecido 20-04-2012 13:37 #49
Este e o regime e ninguem pode reclamar, eles acham terem poder para tudo, e pena que a fiscalizacao e tambem outro departamento da policia nacional embuido no mesmo regime. Onde estao os fiscalisadores? onde esta a justica, precisamos um comandante que impoe ordem neste pais, que impoe ordem ate nos seus proprios filhos, porque o mais dificil e educar o seu proprio filho do que um irmao ou qualquer outro parante, precisamos um lider que tem amor com o povo, porque so quem tem amor e capaz de compartilhar ate o pouco que tem para nao falarmos dos milhoes que este pais produz.
0 A g i t a d o r 15-04-2012 02:12 #48
Eu não digo ? Cada pontapé numa pedra salta logo uma minhoca (ou gatuna, como neste caso!)... tamos paiados com tal sorte, mas será que ELES pensam que a MAMA vai-lhes durar sempre ? Não ponham as barbas de molho não, está mais próximo do que julgam... aproveitem BEM que amanhã poderá ser TARDE, só vos digo !
0 Raul 14-04-2012 17:45 #47
Quando Deus virar-vos as costas de todas falcatruas que fazem aqui em Angola, o terramoto vai acolher-vos. Aguardem
0 webra 14-04-2012 17:04 #46
isto e uma merda todos governant sao todos uma merda pora vqao pra mrda vao morrer no enferno
+1 Dr. Lung 13-04-2012 18:21 #45
gatunos do mpla e jes vao para maneta esse ano, ou saIMOS TODOS NA RUA VIDA OU MORTE.
PORQUE VOCES NAO MERECEM CONFIANÇA. GATUNOS
0 FERREIRA 13-04-2012 14:28 #44
VOCÊS NÃO PRESTA PRÁ NADA YA CUSTA CRE QUE O SOMA, CONTINUA PORQUE ELE É O PONTA DE LANÇA DE TODOS NEGOCIOS VULGO DA EDUCAÇÃO;
0 Lua Lua 13-04-2012 09:10 #43
A mesma situação espantou-me quando aconteceu no Huambo, tendo sido informado que uma escola publica foi vendida ao falecido Valentim Amoes, (comprador de tudo naquela provincia) isto a cerca de cinco anos enquanto governo de Paulo Kassoma.
LOCALIZAÇÃO DA ESCOLA
Rua entre o palácio a SISTEC, cruzamento do pavilhão do Petro, rua oposta a empresa Kixicredito.
Alunos evacuados até hoje e obras paradas.
Pela apetência do nosso atual chefe do Parlamento a negócios sujos e expropriação de terras a camponeses, posso concluir aqui mais uma façanha de PAULINHO KASSOMA.
0 General Cassinbado 13-04-2012 08:39 #42
È o presedente da republica e os seus seguidor nâo tenhem coracâo sâo todos Iluminante esse tenhem pacto com diabo esses sâo biabo de angola no seio do MPLA nâo tenhe ninguém que é bom todos sâo farinha do mesmo saco povo angolano de cabinda au cunene vamos fazer uma manifestaçâo de cabinda au cunene temos que a judar a o posiçâo cem a ponho do povo nâo ganhara o MPLA pensam que angola é propiadade deles isso tenhe que a cabar numa vez se nós espera deus nâo sera a gora?
0 Chato do Cazenga 13-04-2012 08:12 #41
Francisca do ESPIRITO SANTO vende escola para o banco ESPIRITO SANTO angola... coincidencia ou não mais uma vez o povo é que sai prejudicado.
0 Faustino da Costa 12-04-2012 22:20 #40
Isto tambem esta passar aqui em Cabinda o exemplo mais triste, as casas sociais construidas para funcionarios publicos no tempo do governador Jose Amaro Tati, denominada aldeia olimpica na governação de Anibal Rocha, hoje todo o complexo habitacional foi entregue a titulo de renda as empresas petroliferas pelo actual Governador Mawete João Baptista,casas que não construi, por ma' fe'. Não se compreende casas que ele encontrou para funcionarios publicos e privatizou para benificio pessoal. Colocou suas empresas para gerirem o complexo e ate' os camiões que abastecem o combustivel as turbinas são dele e os motoristas muitos são Zairenses. A construção destas casas foi paga atraves dos fundos publicos, como se explica que alguem passa a ter dividendo sabendo que foram gastos fundos publicos? Os espaços da orla maritima que em qualquer nação civilizada são publicos, infelizmente aqui em Cabinda estão a ser cedidos a privados ligados aos membros do regime. Esta forma de governação usurpando os bens publicos para interesses pessoais, apenas acontece nos regimes ditatoriais onde ninguem deve pensar de forma diferente ao não ser bater as palmas ao clarividente, o insubstituivel, o progenitor da liberdade, o pai da paz, o candidato natural, o garante da estabilidade, sem ele Angola não ha' e nunca tera' desenvolvimento . E' o pensar doentio que paira nos membros do regime e uma franja da nossa população, infelizmente.
leftCLUB-K.net é um portal informativo angolano ao serviço de Angola, sem afiliações políticas e sem fins lucrativos cuja linha editorial consubstancia-se na divulgação dos valores dos direitos humanos, educação, justiça social, analise de informação, promoção de democracia, denuncias contra abusos e corrupção em Angola.

O CLUB-K.net foi fundado aos 7 de Novembro de 2000, e é integrado por jovens angolanos (voluntários), com missão representativa em diversos países e reconhecido a nível internacional como uma organização não governamental.

NEWSLETTER

Assine a nossa Newsletter para receber novidades na sua caixa de e-mail. "Gosta" da nossa página no Facebook para receber novidades na parede do seu perfil no Facebook.

INSERE O SEU E-MAIL