A carregar...

Assessores brasileiros convencem MPLA a ganhar com 60% nas eleições

1 1 1 1 1 Como classifica este artigo? 0.00 (0 Votos)

Lisboa - O regime do Presidente José Eduardo dos Santos (JES) foi aconselhado, por peritos brasileiros, a avançar nas próximas eleições gerais a realizar-se nesta sexta-feira, 31/08, com uma margem de vitória entre os 60% a 65%. A sugestão foi destinada a convencê-lo de desistir da ideia de voltarem a obter um resultado superior a 80%, considerados pelos especialistas como “exagerados”, tendo em conta a "visível maturidade" do eleitorado.

Fonte: Club-k.net

Desaconselham resultados exagerados 

A recomendação  dos especialistas é baseada em resultados de uma sondagem cujos resultados foram inconfortáveis para JES. A posição dos especialistas é de que resultados “exagerados”, como os das eleições legislativas de 2008, dificilmente seriam aceites pela sociedade angolana.

A sondagem – exposta num documento de 51 páginas – foi realizada nos dias 5 à 11 de Julho de 2012, pela empresa brasileira “Sensus” em parceria com a angolana “Pro-Sensus” e o Centro de Estudos Estratégicos de Angola (CEEA), do general Mário Cirilo de Sá “Ita”, a figura que dirigiu o Consórcio Técnico Eleitoral de 2008.

No sentido de contornar a situação, a sondagem recomenda que a “participação e a presença  de JES é  desejada” e que a “campanha política dependerá, fundamentalmente, da comunicação”. A sondagem identificou ainda  o eleitorado dos diversos candidatos que se situam entre os  sectores informais (mulheres e jovens) e também aos jovens estudantes que, de acordo com a mesma, tem como “fonte de consulta” de informação ao portais informativos “Club-K” e “Angola24horas”, conforme se lê no documento em anexo.

De acordo com o documento, “a coligação CASA-CE surge como partido significativo” da oposição e destinada  a se tornar na “terceira força política” em Angola, passando o Partido Renovador Social (PRS) e a Frente Nacional de Libertação de Angola (FNLA).  Na última semana,  o regime – no sentido de testar as reacções e tendências da sociedade – pós a circular, em meios esclarecidos da sociedade civil, rumores  segundo as quais JES/MPLA teria 59% dos votos, que seriam uma margem que abafaria as suspeitas de  fraude.

Os resultados postos a circular seriam:

1. José Eduardo dos Santos/ MPLA (59%)
2. Isaías Samakuva/ UNITA (40%)
3. Abel Chivukuvuku/ CASA CE - %
4. Eduardo Kuangana/PRS - %
5. Restantes - %

O Conselho Político da Oposição (CPO) – a uma coligação a quem o regime prometeu ofertar  dois lugares no parlamento (para  Anastácio Finda e João Mateus Jorge) – seria colocado de parte face ao novo ambiente político.

Diferente ao cenário das eleições de 2008, as autoridades enfrentam o problema da sociedade eleitoral que denota mais madura e maior nível de  consciência  política. Há o sentimento generalizado que a CNE descredibilizou-se face a exposição de ligação que denotam ter ao regime.  No seio  da juventude do MPLA, há  discursos em privado alegando que o “partido não teria necessidade de embarcar para uma fraude” e que num processo limpo ganhariam as eleições  com uma margem que pudessem governar a vontade.

O recurso a fraude  é associado as vontades de JES, identificado como não tendo muita confiança nos eleitores, inclusive no seio do seu próprio partido. JES tem noção de que um  resultado a baixo de 80%  comprometeria os resultados de 2008 visto que os militantes foram incutidos que aquela cifra  deveu-se a  sua aparição  num comício no bairro Zango, em Luanda.

Naquele ano JES tinha sob seu controlo o centro do escrutínio (onde se lança os resultados eleitorais), na altura sob comando da Casa Militar. Teve ainda, a seu favor, o cenário que lhe permitiu realizar eleições sem cadernos eleitorais, o que permitiu uma “desorganização” do  acto da votação.

Para o próximo 31 de Agosto, há fortes sinais que apontam para “desorganizão organizada” no sentido de não haver  cadernos eleitorais e de pessoas sem os nomes no FICRE. A CNE foi orientada “a não entregar as actas síntese aos partidos da oposição” e ao mesmo tempo a não entregar credenciais aos fiscais (das formações políticas) para que se fizessem presente nas assembleias de votos, a cumprir o seu papel. A entrega das actas permite que cada partido toma conhecimento dos resultados em menos de 24h sem ter de esperar pelos resultados a serem lançados pelo centro de escrutínio.

O alcance da percentagem  desejada pelo regime é feita pela via informática através de um general da Casa Militar, Rogério Silveira que (em violação ao número 4 do artigo 116 da lei sobre as eleições gerais), controla  o centro de escrutínio eleitoral em Talatona. Os mesmos contam com um grupo de russos, peritos em fraude eleitoral. Inicialmente, instalados numa  base no hotel Plaza em Talatona.








Debate o tópico nas redes sociais:





Debate no Club-K:


NOTA: Os comentários postados neste portal são publicados sem edição prévia e são da exclusiva responsabilidade dos seus autores. Por favor, leia os Termos de Uso. O Club-K reserva-se ao direito de moderar os comentários suspeitos de conter palavras ofensivas e apagar os que não cumpram as regras.



Comentários Arquivados:



Actualizar comentários 

0 CAROLINA 03-09-2012 16:37 #56
NÃO HAVERÁ FESTA PELA VICTÓRIA DO EMPELIÁ , POIS O JOSÉ EDUARDO DOS SANTOS FALECEU DE ATAQUE CARDÍACO HOJE ÀS 16 HORAS. QUEM QUIZER VELAR O SEU CORPO, PODE FAZÉ-LO NA CLINICA GIRA SOL. SE DUVIDA, AGUARDE AS PRÓXIMAS HORAS PELO CO MUNICADO OFICIAL-. MORREU O DITADOR OPRESSOR DO POVO ANGOLANO.
0 angolano fustrado 03-09-2012 07:44 #55
xtou indgnado e demais,mais 5 anos de sofrimento e miseria DEEEEEEEEEEEEUU UUUUUUUUUUUUSSS SSSSSSSSSSSSSSS SSS olha por nos angolanos e muito sofrimento.
0 Lixado 02-09-2012 00:27 #54
Deus até quando sofreremos assim na nossa própria terra !!!! será que nos criaste para sermos escravos de JES ? por favor mostre o teu poder a jes para outro partido composto pelos nacionais assuma o poder de forma a velahar por esse povo / teus filhos que sofrem a mais de 30 anos com a ditadura. é minha oração amen!!!!!!
0 Pilatus 01-09-2012 10:16 #53
Faz todo o sentido e parece uma notícia fidedigna. O fiscais dos partidos políticos não foram credenciados o que faz com que possa haver enchimento de urnas em certos locais.
0 antonio 31-08-2012 23:50 #52
Brasileiros podem dar o jsd e o mpla mesmo 1000 por centos mas angola e para angolanos e voces brasileiros estao a cavar o vosso burraco em angola um dia o jose eduardo dos santos saira no poder sem duvida mas voces brasileiros irao pagar o vosso pecado da quilo voces estao comtribuir no sofrimento do povo angolano voces e portugueses sem duvida os portuguesese sabem disso um dia irao de pagar isso isso tudo e manipulacao de portugueses e voces brasileiros voces sao envejosos da nossa riquesa estao procurar para que angola rebenta mas a guerra.
0 Cagi 31-08-2012 22:07 #51
Savimbi tinha razão em 92 de voltar na mata sao estas situações k homem k e homem n admite .mas nos vamos aceitar xo
0 tchieze 31-08-2012 20:25 #50
estes homenx nao sao humanox maix sim demonios em forma de carne humana ao servico de lucifer.
+1 CARDOSO NASCIMENTO 31-08-2012 16:06 #49
TEREMOS CINCO ANOS PARA ENCONTRAR FORMAS DE ELIMINAR DE UMA VEZ O O JOSÉ EDUARDO, É O NOSSO MAIOR INIMIGO. É UM TRAIDOR, ESTÁ A DEVOLVER O PAÍS AOS COLONOS DESEMPREGADOS EM PORTUGAL, TODO LIXO TEM VINDO PARA ANGOLA, LOTANDO OS VOOS. VAMOS ELIMINAR ESSE TRAIDOR,JÁ.
+1 ZUA 31-08-2012 16:03 #48
as vezes fico supreendido quando alguns bajuladores do regime dizem q votar na oposicao seria retrocesso e nao so quando dizem q angola nao seria nada sem o MPLA e o CORTA FITA sao pessoas iletrados caducos veja o grande exmplo de da Alemanha o HITLER acabou e o mesmo esta a desenvolver num bom ritimo em Angola sera o mesmo quando o corta FITA cair...
viva ANGOLA dos ANGOLANOS GENUINOS....
+1 CONSTANTINO DIAS 31-08-2012 15:58 #47
ZÉDÚ, JÁ GANHASTE, MAS EM BREVE, TENCIONO MIJAR NA TUA CAMPA, SEJA ONDE ELA ESTIVER,NO INFERNO, NO FUNDO MAR, AO LADO DO SAVIMBI......ME AGUARDE.
leftCLUB-K.net é um portal informativo angolano ao serviço de Angola, sem afiliações políticas e sem fins lucrativos cuja linha editorial consubstancia-se na divulgação dos valores dos direitos humanos, educação, justiça social, analise de informação, promoção de democracia, denuncias contra abusos e corrupção em Angola.

O CLUB-K.net foi fundado aos 7 de Novembro de 2000, e é integrado por jovens angolanos (voluntários), com missão representativa em diversos países e reconhecido a nível internacional como uma organização não governamental.

REDES SOCIAIS

NEWSLETTER

Assine a nossa Newsletter para receber novidades na sua caixa de e-mail. "Gosta" da nossa página no Facebook para receber novidades na parede do seu perfil no Facebook.

INSERE O SEU E-MAIL