A carregar...

Bispos preocupados com impossibilidade de emissão da Rádio Ecclesia fora de Luanda

1 1 1 1 1 Como classifica este artigo? 0.00 (0 Votos)

Luanda - Os bispos angolanos estão preocupados com a falta de autorização legal para que a emissora católica angolana, Rádio Ecclésia, emita para fora da província de Luanda.

Fonte: Lusa/SOL

gabriel mbilingui.jpg

A preocupação foi manifestada pelo presidente da Conferência Episcopal de Angola e São Tomé (CEAST), Gabriel Mbilingui, numa audiência com o vice-Presidente da República de Angola, Manuel Vicente.

Em declarações no final à imprensa, Gabriel Mbilingui, bispo do Lubango, lamentou que ao fim de quase 10 anos a questão continue sem ser resolvida.

"Falámos do dossier Rádio Ecclesia. Um dossier que já tem quase 10 anos e nós não compreendemos porquê até agora, mesmo depois de termos concordado com o novo figurino", disse o prelado, referindo-se à possibilidade de a emissora católica ser ouvida a partir de rádios a instalar em cada uma das dioceses de Angola.

O anterior figurino, preferido pela Igreja Católica, consistia na emissão nacional, centralizada em Luanda. "Pois bem, já lá vão vários anos que andamos atrás deste novo figurino, que de resto é configurado pela Lei de Imprensa, mas ainda não temos resposta", acrescentou.

Gabriel Mbilingui salientou que em cada assembleia, os restantes bispos se questionam sobre o porquê da demora. "Estamos preocupados, porque a cada assembleia os bispos nos perguntam como vai essa questão da rádio", frisou.

Segundo o presidente da CEAST, Manuel Vicente ficou de dar uma resposta, que os bispos pretendem que seja dada antes da próxima assembleia das conferências episcopais, agendada para Outubro.






Debate o tópico nas redes sociais:





Debate no Club-K:


NOTA: Os comentários postados neste portal são publicados sem edição prévia e são da exclusiva responsabilidade dos seus autores. Por favor, leia os Termos de Uso. O Club-K reserva-se ao direito de moderar os comentários suspeitos de conter palavras ofensivas e apagar os que não cumpram as regras.



Comentários Arquivados:



Actualizar comentários 

0 Pedro Kaitete 24-07-2013 09:53 #33
O certo é que neste capitulo, o governo está a agir bem. Porque deu conta de que se na católica tem alguns Cónegos a bajularem a seu favor ,amanhã com a extensão do sinal da Eclésia , podem eventualmente bajularem contra.
+1 VERDADE 21-07-2013 11:13 #32
e verdade enquanto continuar as diferença entre padres e os bispos tudo que fizerem sera em vão a radio ecclesia pode se espalhar a nível nacional não vai ajudar os angolanos os jornalistas são como ferramento dos bispos só divulgam o que covem ao prelado
-1 anónimo 21-07-2013 01:28 #31
Marcolino Moco já explicou em tempos o que realmente se passa: o Mpla e JES conseguiram dividir e instrumentaliza r os bispos. Os quimbundos (e alguns pulas) não querem a ecclesia em todo o país.
0 Mano sebas 21-07-2013 00:05 #30
Aradio ecclesia nao e politisada, pois os dirigentes assim nao a querem porque nao sao da verdade e por isso, como Deus e da verdade como a radio ecclesia, querem q os angolanos continuem nas suas sombras do ocultismo governamental. Contudo, por mais que durar a noite, vai amanhecer e que alguns angolanos ainda ocultados por esta sombra serao aclarados e muitos de nós vamos- nos arrepender dizendo: « Eu, nao sabia afinal éra assim ».
+2 YLONGA 20-07-2013 18:10 #29
a igreja católica enquanto ter lebres e bispos corruptos e pertencentes a comité de especialidade do bispos do mpla não vai se livrar destas macaquices diabólicas do mpla-jes.
0 imparcial 20-07-2013 10:32 #28
Mas a metodos para fazer o governo liberar este assunto; visto q o PR e catolico e propositadament e impede a expansao do sinal da eclesia e tira possibilidade da expancao do envangelho e nao so configurando um impedimento a palavra do senhor; is to e obra do Diablo. Ameacem excomungalo!
0 imparcial 20-07-2013 10:32 #27
Mas a metodos para fazer o governo liberar este assunto; visto q o PR e catolico e propositadament e impede a expansao do sinal da eclesia e tira possibilidade da expancao do envangelho e nao so configurando um impedimento a palavra do senhor; is to e obra do Diablo. Ameacem excomungalo!
+1 AFAMADO 19-07-2013 21:58 #26
Toda a ação administrava dentre outras um pedido, tem prazo, e o silencio significa permissão. Quer dizer já estão permitidos ou seja autorizados. Pronto, pouco importa porque a sua linha editorial já não agrada desde que morreu seu diretor MUNA MOSI.virou RNA-Angola combatente.
+1 PORRA 19-07-2013 17:55 #25
FORAÇA SR. REDENTORISTA, PRESADO REDENTORISTA, DEMOSTRE A SUA ANGOLANIDADE E SIGA A FORÇA DOS NOSSOS LIDERES JONAS SAVIMBI E JESUS CRISTO ASSIM COM DEUS QUIS.
HÁ COISAS QUE NÃO SE EXLICAM. SENTE-SE PARA QUEM É JENUINO PERCEBE, MAS PARA OS HIBRIDOS NÃO INDENDERÃO NUNCA ESTE DOM NATURAM QUE SE MANIFESTA COM AS RAIZES DO SER HOMEM HUMANO.
+1 Keeper 19-07-2013 17:22 #24
Algumas pessoas (não todas) no seio da Igreja Catolica am Angola são meros agentes ao serviço do MPLA. A começar pelo propio cardeal e alguns bispos lambedores. Ja ha muito tempo que deu para perceber isso.
leftCLUB-K.net é um portal informativo angolano ao serviço de Angola, sem afiliações políticas e sem fins lucrativos cuja linha editorial consubstancia-se na divulgação dos valores dos direitos humanos, educação, justiça social, analise de informação, promoção de democracia, denuncias contra abusos e corrupção em Angola.

O CLUB-K.net foi fundado aos 7 de Novembro de 2000, e é integrado por jovens angolanos (voluntários), com missão representativa em diversos países e reconhecido a nível internacional como uma organização não governamental.

REDES SOCIAIS

NEWSLETTER

Assine a nossa Newsletter para receber novidades na sua caixa de e-mail. "Gosta" da nossa página no Facebook para receber novidades na parede do seu perfil no Facebook.

INSERE O SEU E-MAIL