Bispos preocupados com impossibilidade de emissão da Rádio Ecclesia fora de Luanda

Luanda - Os bispos angolanos estão preocupados com a falta de autorização legal para que a emissora católica angolana, Rádio Ecclésia, emita para fora da província de Luanda.

Fonte: Lusa/SOL

gabriel mbilingui.jpg

A preocupação foi manifestada pelo presidente da Conferência Episcopal de Angola e São Tomé (CEAST), Gabriel Mbilingui, numa audiência com o vice-Presidente da República de Angola, Manuel Vicente.

Em declarações no final à imprensa, Gabriel Mbilingui, bispo do Lubango, lamentou que ao fim de quase 10 anos a questão continue sem ser resolvida.

"Falámos do dossier Rádio Ecclesia. Um dossier que já tem quase 10 anos e nós não compreendemos porquê até agora, mesmo depois de termos concordado com o novo figurino", disse o prelado, referindo-se à possibilidade de a emissora católica ser ouvida a partir de rádios a instalar em cada uma das dioceses de Angola.

O anterior figurino, preferido pela Igreja Católica, consistia na emissão nacional, centralizada em Luanda. "Pois bem, já lá vão vários anos que andamos atrás deste novo figurino, que de resto é configurado pela Lei de Imprensa, mas ainda não temos resposta", acrescentou.

Gabriel Mbilingui salientou que em cada assembleia, os restantes bispos se questionam sobre o porquê da demora. "Estamos preocupados, porque a cada assembleia os bispos nos perguntam como vai essa questão da rádio", frisou.

Segundo o presidente da CEAST, Manuel Vicente ficou de dar uma resposta, que os bispos pretendem que seja dada antes da próxima assembleia das conferências episcopais, agendada para Outubro.






Debate este tópico nas redes sociais:

Comente via Facebook, Hotmail, Yahoo ou AOL!




Debate este tópico no Club-K:

Comente no Anónimato (sem iniciar sessão) ou via Redes Sociais (Facebook, Twitter, Google ou Disqus)!

Quem Somos

CLUB-K ANGOLA

CLUB-K.net é um portal informativo angolano ao serviço de Angola, sem afiliações políticas e sem fins lucrativos cuja linha editorial consubstancia-se na divulgação dos valores dos direitos humanos, educação, justiça social, analise de informação, promoção de democracia, denuncias contra abusos e corrupção em Angola.

Informamos o público sobre as notícias e informações ausentes nos canais informativos estatal.  Proporcionamos ao público uma maneira de expressar publicamente as suas opiniões sobre questões que afectam o dia-a-dia, qualidade de vida, liberdades e justiças sociais em Angola... Leia mais

 
 

Direcção consultiva
- Barbosa Francisco  (New York) - IT
- Massano Jorge ( New York) - Editor Principal
- Juca Manuel (New York) - Editor
- Noel Pedro (Lisboa) - Revisor
- Marcos Miguel (Brasil) - Editor
- Júlio Beto - (Holanda) - Editor
- Simão Manuel - (França - Editor
- Juca Fernandes - (Alemanha) - Editor


Telefone: New York: (315) 636 5328

Contactos

 

  • E-mail: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

  • WhatsApp: (+244) 918 512 433 Para uso no aplicativo WhatsApp apenas!

  • Reino Unido : (+44) 784 848 9436

  • Buffalo / EUA: (+1) 347 349 9101 

  • New York /USA: (+1) 315 636 5328

Newsletter

Assine a nossa Newsletter para receber novidades diárias na sua caixa de e-mail.

INSERE O SEU E-MAIL

// TAG FOR ADVERTISEMENT