Luanda - O grupo parlamentar do MPLA veta sistematicamente propostas/iniciativas da oposição tendo em vista a chamada ao parlamento de membros do governo para acções de interpelação.

Fonte: AM

O caso mais recente foi o do ministro da Energia e Águas, João Borges, que a oposição pretendia ouvir sobre o recorrente tema das insuficiências/perturbações no fornecimento de energia e água à população.

A atitude do GP MPLA é considerada contrária a disposições do regimento e da própria constituição que conferem à Assembleia competências próprias para fiscalizar a acção governativa.

José Eduardo dos Santos, no discurso da sua investidura como Presidente, fez uma referência enfática a esta função do parlamento.



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: