Lisboa - Assinalada no “inside” da política angolana uma estratégia, já em execução, visando desligar Manuel Vicente de todas as actividades empresariais privadas a que no passado se dedicou e com as quais também se identificou.

Fonte: Africa Monitor

A venda recente à Sonangol da sua participação na Nazak Oil & Gaz é decorrência da referidade estratégia – destinada a cultivar em M Vicente perfil político e/ou de estadista.

Na sua qualidade de vice-Presidente, a exercer interinamente funções de Presidente por ausência de José Eduardo dos Santos, foi M Vicente que conferiu posse ao recém nomeado secreteário de Estado do Tesouro, Leonel Silva.



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: