Lisboa - O Departamento de Estado Norte americano apelou o governo de Angola a respeitar o direito constitucional dos seus cidadãos e de por fim os processos contra aqueles que exercem os seus direitos.

Fonte: Club-k.net

Esta posição, foi tornada publica esta sexta-feira, 29 de Maio,  em nota assinada pelo seu director de comunicação do Departamento de Estado, Jeff Rathke ao tomarem posição, em relação a perseguição judicial contra ao activista e jornalista Rafael Marques.

 

Segundo a nota de imprensa “Os Estados Unidos estão profundamente decepcionados com a condenação  de Rafael Marques por  difamação, e estão  preocupados  com o impacto negativo que esta decisão terá sobre as liberdades de expressão e de imprensa em Angola.”

 

“Instamos o Governo de Angola a respeitar o direito constitucional dos seus cidadãos à liberdade de expressão e a colocar  um  fim em  processos  contra aqueles que exercem esse direito.”

 

“O respeito pelos direitos humanos e a  boa governação é um valor fundamental dos Estados Unidos. Temos tomado regularmente claro as nossas preocupações sobre direitos humanos, a liberdade de imprensa, governança e corrupção ao governo angolano, e continuará a fazê-lo como parte do nosso diálogo bilateral em curso.”, fim de citação.



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: