Hospital Geral de Luanda reinaugurado

Luanda - O novo Hospital Geral de Luanda, edificado em 2006 e que teve de ser reconstruído seis anos depois por problemas estruturais, foi esta segunda-feira reinaugurado, após três meses de testes aos equipamentos chineses e de treino dos técnicos.

Fonte: JN

A unidade, que conta com uma área três vezes maior do que o edifício anterior, tem agora capacidade para mais de 300 camas e para atender diariamente 800 pacientes, contando com equipamentos avançados fornecidos pela empresa chinesa Tianjin Machinery Import & Export Cooperation.

 

A obra foi entregue a 26 de fevereiro, provisoriamente, ao Governo da Província de Luanda pelo embaixador chinês em Angola, Gao Kexiang, tendo decorrido esta segunda-feira a sua reinauguração, na presença do ministro da Saúde angolano, José Van-Dúnem.

 

Inicialmente construído em 2006, o hospital começou a ser reconstruído em abril de 2012, depois de detetados problemas na estrutura.

 

Um acordo entre os Governos de Angola e da China formalizou a revisão do plano de construção do projeto de reabilitação, construção e ampliação da nova unidade, em substituição da edificada anteriormente.

 

O hospital tem as especialidades de pediatria, maternidade, ortotraumatologia, cuidados intensivos, dermatologia, oftalmologia, fisioterapia, otorrinolaringologia, neurologia e laboratórios e conta com 42 médicos, 155 enfermeiros e 82 técnicos de diagnóstico e terapêutica.

 

Não foi revelado o montante do investimento com a construção e reconstrução deste hospital.







Debate este tópico nas redes sociais:

Comente com o seu perfil no Facebook







Debate este tópico no Club-K:

Comente no Anónimato (sem iniciar sessão) ou via Redes Sociais (Facebook, Twitter, Google ou Disqus)!

Quem Somos

CLUB-K ANGOLA

CLUB-K.net é um portal informativo angolano ao serviço de Angola, sem afiliações políticas e sem fins lucrativos cuja linha editorial consubstancia-se na divulgação dos valores dos direitos humanos, educação, justiça social, analise de informação, promoção de democracia, denuncias contra abusos e corrupção em Angola.

Informamos o público sobre as notícias e informações ausentes nos canais informativos estatal.  Proporcionamos ao público uma maneira de expressar publicamente as suas opiniões sobre questões que afectam o dia-a-dia, qualidade de vida, liberdades e justiças sociais em Angola... Leia mais

Contactos

 

  • E-mail: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

  • WhatsApp: (+244) 918 512 433 Para uso no aplicativo WhatsApp apenas!

  • Reino Unido : (+44) 784 848 9436

  • Buffalo / EUA: (+1) 347 349 9101 

  • New York /USA: (+1) 315 636 5328

Newsletter

Assine a nossa Newsletter para receber novidades diárias na sua caixa de e-mail.

INSERE O SEU E-MAIL

Infográficos