Lisboa - A Procuradoria Geral da República, através da sua, Direção Nacional de Investigação e Ação Penal (DNIAP), convocou nesta segunda-feira (8), os jornalistas Mariano Brás e Gabriel dos Anjos, Director e Editor Chefe do Jornal “O Crime” para responderem por alegados crimes de Abuso de Liberdade de Imprensa, Difamação e Injúria contra Corporações com Autoridade Pública e outros.

Fonte: Club-k.net

A referida acusação sob o processo 73/14 tem como participante, Ângelo de Barros Veiga Tavares, Ministro do Interior; Geraldo Sachipengo Nunda, CEMGFAA; Vice-Procurador-Geral da República e Procurador Militar das FAA, que se sentiram ofendidos por uma reportagem daquela publicação denunciando a participação de altas patentes da Polícia e das Forças Armadas Angolana no negócio da droga como também os pontos de venda.

 

Durante os interrogatórios, o Magistrado-Instrutor do processo Gervásio Cauênde, quis saber dos jornalistas quem lhes passa as informações e quem eram os seus patrocinadores.

 

De acordo com dados apurados a DNIAP, notificou igualmente outros trabalhadores do jornal como empregadas de limpeza, secretarias e repórteres que deverão prestar declarações sobre o mesmo processo, em breve.



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: