Queiroz passa a escrever com pseudónimo

Lisboa – O Director-Geral do Jornal de Angola, José Ribeiro autorizou que o seu assessor português volte a escrever para as páginas daquela publicação mas na condição de usar por enquanto um pseudónimo, que não seja o seu antigo Alvaro Domingos.

Fonte: Club-k.net

Na ultima terça-feira (16), o assessor português fez sair um texto de opinião na qual fez-se passar por   “Pereira Diniz”.  No referido texto, Artur Queiroz   destrata um professor universitário espanhol José Luis Barceló, que foi a Angola a convite da UNITA,  a quem o mesmo   acusa de mentiroso por ter narrado o que viu numa visita ao interior do país, no passado mês de Março.  

 

Em círculos com conhecimento do assunto, considera-se que é o próprio Artur Queiroz que está num quadro de mentiras ao assinar um texto com um nome que não é seu, mas de um amigo e editor de reportagem do Jornal de Angola.

 

De acordo com registos, esta não é primeira vez que Pereira Dinis, formado em direito, sujeita-se a ser usado desta maneira por Artur Queiroz. Noutras ocasiões foi criticado pelos seus colegas de trabalho por aceitar fazer recados do assessor português, como ir comprar o  almoço dele ou iogurtes.

 

De lembrar que Artur Queiroz esta temporariamente impedido de assinar textos no Jornal de Angola por se encontrar num quadro de conflitualidades e ilegalidades (trabalha em Angola com um visto de turismo).  É considerado o “braço direito” do Director José Ribeiro, a quem ajuda a escrever textos de opinião e a implementar no Jornal de Angola, uma linha editorial baseada na calunia e ataque contra quem critica/denuncia as praticas de corrupção no regime do MPLA.







Debate este tópico nas redes sociais:

Comente com o seu perfil no Facebook







Debate este tópico no Club-K:

Comente no Anónimato (sem iniciar sessão) ou via Redes Sociais (Facebook, Twitter, Google ou Disqus)!

Quem Somos

CLUB-K ANGOLA

CLUB-K.net é um portal informativo angolano ao serviço de Angola, sem afiliações políticas e sem fins lucrativos cuja linha editorial consubstancia-se na divulgação dos valores dos direitos humanos, educação, justiça social, analise de informação, promoção de democracia, denuncias contra abusos e corrupção em Angola.

Informamos o público sobre as notícias e informações ausentes nos canais informativos estatal.  Proporcionamos ao público uma maneira de expressar publicamente as suas opiniões sobre questões que afectam o dia-a-dia, qualidade de vida, liberdades e justiças sociais em Angola... Leia mais

Contactos

 

  • E-mail: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

  • WhatsApp: (+244) 918 512 433 Para uso no aplicativo WhatsApp apenas!

  • Reino Unido : (+44) 784 848 9436

  • Buffalo / EUA: (+1) 347 349 9101 

  • New York /USA: (+1) 315 636 5328

Newsletter

Assine a nossa Newsletter para receber novidades diárias na sua caixa de e-mail.

INSERE O SEU E-MAIL

Infográficos