Mau clima na Rádio Kairós

Luanda - Vários funcionários da emissora metodista Rádio Kairós queixam-se de serem alvos de despedimentos indirectos, alegadamente, por reclamarem melhores condições laborais e aumento salarial.

Fonte: Club-k.net

Segundo fontes daquela casa de rádio afecta a Igreja Metodista Unida, actualmente os salários oscilam entre os 20, 25 a 35 mil kwanzas para locutores, editores e técnicos. Ao passo que secretárias e certos indivíduos supostamente familiares dos responsáveis da rádio com ligação directa ou indirecta a igreja metodista, recebem de 50 a 80 mil kwanzas.

 

Os funcionários denunciam por outro lado, que tem havido muitos desvios de elevadas quantias monetárias, que a rádio recebe fruto dos contratos que tem com igrejas e outras organizações, que compraram espaço de antena. Só nos últimos dois meses o PCA da rádio, o também jornalista sénior da Rádio Nacional de Angola, Eduardo Magalhães, mandou depositar mais de 1 milhão de kwanzas na sua conta pessoal, segundo uma das secretárias mandatada na execução das referidas operações.

 

Nesta altura parte dos funcionários estão a ser sancionados, por exigir esclarecimentos ao Conselho de Administração, que paga de forma sazonal e parcial o pessoal.

 

Acrescentam que em função do mau ambiente que se instalou no seio dos funcionários, alguns profissionais se viram obrigados a demitir-se os seus postos de trabalho como é o caso dos jornalistas Aires Francisco, Francisco Meneses, entre outros, ao passo que outros foram despedidos sem serem pagos os meses de atraso e as respectivas indemnizações.

 

Os profissionais lançam grito de socorro, por verem seu futuro ameaçado naquela estação de rádio, fundada a cerca de quatro anos.

*Carlos André

 







Debate este tópico nas redes sociais:

Comente com o seu perfil no Facebook







Debate este tópico no Club-K:

Comente no Anónimato (sem iniciar sessão) ou via Redes Sociais (Facebook, Twitter, Google ou Disqus)!

Quem Somos

CLUB-K ANGOLA

CLUB-K.net é um portal informativo angolano ao serviço de Angola, sem afiliações políticas e sem fins lucrativos cuja linha editorial consubstancia-se na divulgação dos valores dos direitos humanos, educação, justiça social, analise de informação, promoção de democracia, denuncias contra abusos e corrupção em Angola.

Informamos o público sobre as notícias e informações ausentes nos canais informativos estatal.  Proporcionamos ao público uma maneira de expressar publicamente as suas opiniões sobre questões que afectam o dia-a-dia, qualidade de vida, liberdades e justiças sociais em Angola... Leia mais

Contactos

 

  • E-mail: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

  • WhatsApp: (+244) 918 512 433 Para uso no aplicativo WhatsApp apenas!

  • Reino Unido : (+44) 784 848 9436

  • Buffalo / EUA: (+1) 347 349 9101 

  • New York /USA: (+1) 315 636 5328

Newsletter

Assine a nossa Newsletter para receber novidades diárias na sua caixa de e-mail.

INSERE O SEU E-MAIL

Infográficos