Lisboa –  A Fundação Sindika Dokolo, pertencente ao esposo de Isabel dos Santos,  é  apresentada como a instituição a quem as autoridades angolanas tencionam transferir  a gestão do antigo edifício da Assembleia Nacional, em Luanda,  para desenvolver  atividades culturais.
 
Fonte: Club-k.net
 
Esta semana, a imprensa estatal anunciou que o Presidente da República cessante, José Eduardo dos Santos criou através de um despacho presidencial,  uma  comissão multissectorial para a implementação do projecto de transformação deste antigo edifício da Assembleia Nacional, para Palácio da Música e do Teatro. 
 
 
A referida comissão,  será coordenada pelo ministro da  Construção e nela  integram  os titulares da  Cultura,  das Finanças, Urbanismo e  Habitação, o secretário  para os  assuntos  sociais  do Presidente da República,  entre outros.
 
 
O  diploma  justifica a necessidade  de se atribuir  uma  utilidade  de  natureza  social  e cultural  ao antigo  edifício da Assembleia Nacional, com vista  ao  melhor  aproveitamento  da sua  componente  arquitectónica e histórica.
 
 
Assim sendo, o coordenador da  comissão, de acordo com o despacho presidencial, deve  apresentar  ao Presidente da República  o cronograma  de actividades  no prazo de 30 dias,  contados  a partir  da  data  da publicação  deste  diploma. 


DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: