Lisboa – A Vice-Presidente da Assembleia Nacional, Joana Lina Ramos Baptista reuniu-se recentemente com a actual administração da Sonangol afim de apaziguar divergências entre esta petrolífera estatal  e a primogénita de José Eduardo dos Santos. A alta dirigente do MPLA solicitou a administração de Carlos Saturnino a suspensão efectiva de quaisquer actos  lesivos  aos interesses da família Dos Santos.

Fonte: Club-k.net

Sonangol diz que já entregou tudo  aos órgãos de justiça

Lina, na sua qualidade de emissária de Isabel dos Santos, terá praticamente pedido tréguas tentando estabelecer um corredor de paz entre a administração de Saturnino e a sua antecessora que neste momento se sente acossada dentro e fora de Angola, por conta de atropelos  que a tornaram  bilionária.

 

Na reunião, a administração da Sonangol  fez notar aos constantes ataques que tem sido alvo nas redes sociais contra o seu PCA Carlos Saturnino e ao Presidente da República por parte de Isabel dos Santos lembrando que nada tem contra si, nem a favor,  uma vez que já remeteu o “assunto Isabel dos Santos” aos órgãos de justiça.

 

Segundo apurou o Club-K, a Vice-Presidente da Assembleia Nacional, não teve outra opção, senão subscrever a generalizada critica ao modo como os filhos do Presidente José Eduardo os Santos excederam-se no saque ao país.

 

De lembrar que esta não é a primeira vez que são feitas iniciativas de aproximação a Sonangol, a  favor de Isabel dos Santos. A Primeira teria ocorrido com uma solicitação feita a Bornito de Sousa para que esteve intercedesse junto do PR João Lourenço.

 



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: