Luanda - Gostaria de afirmar categoricamente que nem eu, nem o Grupo Quantum Global, empresa que dirijo como PCA, fizemos parte da transacção de 500 milhões de dólares, actualmente sob investigação das autoridades angolanas.

Fonte: Club-k.net

Declaração  sobre alegações de desvios de fundos públicos

Não tive conhecimento prévio desta transacção antes de ser divulgada nos meios de comunicação social e posteriormente confirmada pelo Ministério das Finanças de Angola.

 

Além disso, em nenhuma ocasião fui interrogado pelas autoridades angolanas ou por qualquer órgão regulador, em torno da referida transacção.


Atenciosamente,
Jean-Claude Bastos de Morais

 



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: