Luanda - De Setembro avante, o MPLA há de ter um novo líder, José Eduardo dos Santos (JES) deixará a presidência do MPLA. Mas a forma como o Sr JES está a ser humilhado é inglória e inadequada para um partido que diz ser o mais organizado em Angola, como um homem que conduziu durante vários anos o destino de um partido é hoje humilhado assim? Se houve erros, os erros foram globais, e não pouparam ninguém do MPLA, todos quanto estão no MPLA sabem que fizeram corrupção e viveram da corrupção, se não fosse por isso os seus filhos não andariam fora de Angola com vaidade a exibir milhares de euros, mas julgar apenas um, é imoral, é desleal…

Fonte: Club-k.net

Porque Vicente, que tanta corrupção fez e nos parece ser o mais rico em Angola nunca é constituído arguido?

Angola nunca teria de sacrificar a diplomacia com Portugal, porque Angola sabe que em Portugal existem milhares de angolanos lá residentes, aliás, Portugal é o segundo País dos angolanos. Agora, sacrificar uma diplomacia só para defender um corrupto como Vicente, Deus nos livre, não está certo, não está certo…

Deve - se saber que todos no MPLA erraram, não apenas esse mais Velho – JES - que hoje é humilhado por companheiros de partido que juntos comeram, beberam e compartilharam as benesses da corrupção num passado breve.

Não há santos sobre santos, só existem ingratos que enriqueceram, mas pensam que suas riquezas vêm dos céus… Esses milionários todos e multimilionários deveriam saber que suas riquezas vieram de Angola onde o Sr JES era presidente, e foi ele que lhes pôs ricos, e ontem bajuladores e hoje inimigos, ou seja querem causar boa impressão à JLO e poderem retirar dividendos de JLO, como o anterior já não é mais Presidente agora é descartado e vamos com o novo, gente falsa, o que quer é só mesmo enriquecer cada vez mais, assim vai Angola.

O MPLA nos parece a um teatro, há alguns anos, a bajulação em nome de JES era quase uma cultura do MPLA, todos o enaltecia feito um Deus, um sábio, que nos parece que seu nome no seio do partido imperava respeito, temor e muita dignidade. Nem se foi um ano sequer, a mesma cúpula que vergava – se diante do Presidente vem à tona expor o presidente JES como um bebê humilhado pelos seus pais, sem nenhuma sombra sequer de respeito e dignidade, um homem que deu todo o seu passado para o partido, é humilhado como se nada de bem tivesse feito para o País e o partido MPLA.

Se houve corrupção, se Angola esteve mal estruturada, se Angola esteve mal organizada, se houve desestruturação do Estado, é necessário ser racional e perguntar se um partido é conduzido apenas por uma única pessoa? Claro que não, as centenas de milionários que Angola tem são condescendentes do MPLA e de facto, nos leva a crer que não é só JES que roubou, mas todo o MPLA está mergulhado no mesmo cenário de desvios ilícitos de erários públicos, como hoje o MPLA vem deslocando a sua excessiva hipocrisia jogando uma toalha molhada à JES acusando – o de ser o responsável por tudo de errado neste País? É um espírito de gente falsa, que troca de ideais como se trocam as camisas, rasga uma, compra – se uma nova e a anterior não presta mais para nada. Um partido, deve primar – se em ideais, deve ser sério, deve ser prudente.

Quem seria o MPLA sem JES hoje? Claro, que pouco ou nada o MPLA havia de triunfar sem a grande influência jogada pelo Sr JES, e de facto, é uma grande ingratidão que muitos mais velhos do MPLA têm estado a mostrar, se há ricos não são apenas os filhos deles, mas perseguir JES é um princípio que visa dividir o próprio MPLA e torná – lo frágil, nenhuma organização subsistiu à fragilidade que deriva de divisões de classes dentro de uma organização. JES deu bastante para esse País e para o MPLA, e, não se justifica ser humilhado feito alguém sem valor, deu o seu passado todo em prol dessa pátria, e isso o MPLA deveria rever.

Quem dentro do MPLA nunca fez corrupção que seja o primeiro a jogar – lhe a primeira pedra!

O mais caricato é o Caso Fizz que engloba Vicente, com lavagem de dinheiro, corrupção e tráfico de influência, com provas claras para prisão, e portugal tem toda razão quando diz não confiar na justiça angolana, ainda assim, o MPLA defende Vicente e sacrifica as relações bilaterais com Portugal, por causa de um corrupto como Vicente, angolanos e portugueses serão vítimas de isolamento, por falha de um partido. Mas JES e sua família é perseguida em Angola.

Está se a combater a corrupção ou uma espécie de vingança e caça as bruxas?

Se está a se combater a corrupção porque o MPLA defende Vicente e persegue JES e seus parentes?

Isso somente prova que o MPLA é um partido de falsos! Não existe patriotas, não há gente séria no MPLA, no MPLA existem apenas falsos, políticos interesseiros que fazem política não para defender ideais mas para o enriquecimento ilícito de suas famílias, ao passo que a maioria do povo sofre e vive muito mal em Angola.



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: