A carregar...

Artigos

Funcionaria da justiça acusa juiz angolano de assedio sexual

1 1 1 1 1 Como classifica este artigo? 0.00 (0 Votos)

Lisboa –  Rosa Camunu José,  uma funcionaria, da Direcção Provincial do Namibe da Justiça abriu um processo de queixa contra o  juiz presidente da Província  do Namibe,  António Vissandula por a ter despedido na seqüência de uma suposta  negação de assedio sexual.


Fonte: Club-k.net

Demitida por recusar caprichos do magistrado

A  vitima trabalhou nos últimos anos como cozinheira da residência do juiz Presidente. A mesma é viúva e mãe de 8 filhos. Em declarações a media local, acusou o juiz de a querer para substituir a esposa, que de férias em Portugal.

 

 "Não aceitaste o meu pedido  de substituir a sua tia de férias em Portugal, também a partir de hoje, deixas de pôr os seus pés na minha casa, ponto final ," disse o magistrado, segundo a visada.

 

Rosa Camunu José, diz  ainda ter sido aconselhada por alguns colegas, a ceder os caprichos do Chefe, mas, segundo ela, preferiu arriscar  a travessia pelo deserto, estar bem consigo mesma. "vim apenas  trabalhar para ganhar pão dos meus filhos e não para me entregar a outros prazeres carnais", replicou.

 

Uma fonte próxima do Governo Provincial do Namibe disse que a direcção Provincial  do Namibe da Justiça, não foi  consultada  neste processo, tendo o Juiz com o seu punho, assumindo as rédeas processuais com o MAPESS, Ministério  de Finanças, a retirada do direito de salários da funcionária em causa.

 

Rosa Camunu José, implora a mão carinhosa da Ministra Guilhermina Prata, a primeira dama de Angola Dra. Ana Paula dos Santos, o  Venerando Juiz Presidente do Tribunal Supremo, Cristiano André, no sentido de ajudar repor a legalidade, quebrando o braço de ferro do Juiz contra a visada.

 

O Comité dos direitos humanos na província do Namibe, não se fez coibir. Segundo o activista  dos direitos humanos, Ildeberto Madeira, o caso da senhora Rosa Camunu José funcionária da Justiça expulsa sem culpa formada pelo Juiz, foi remetido a direcção Provincial da Justiça para o tratamento devido.

 

Ildeberto Madeira, num tom que lhe é peculiar, em defesa dos direitos humanos nesta província, disse que ninguém está acima das leis, nem mesmo  o Presidente da Republica."O assedio sexual existe em qualquer parte do mundo. As vítimas devem denunciar" disse.

 

A reacção da sociedade civil não se fez esperar. Adema Francisca da sociedade de senhoras da Igreja do Sétimo Dia, qualificou o acto de repugnante e chama a atenção aos órgãos decisórios do estado, o respeito pela aplicação no espírito e na letra, a lei da probidade pública visando combater os corruptos em Angola. Justino Caiundo da Igreja Católica, considera o acto, a vergonha da  província do Namibe. Se não até os Juízes na Província não respeitam a mãe que trouxe vidas ao mundo, o que se  pode esperar mais? Já era tempo de o Juiz Presidente do Tribunal Cristiano André, rever a conduta do Juiz Presidente contestada por  cidadãos de todas as franjas da província do Namibe.

 

Os advogados William Tonet, André Dambi e Afonso Mbinda, tomaram conta do caso, devendo nas próximas horas intentar uma acção em processo crime, contra o Juiz Presidente do tribunal do Namibe, Antonio  Vissandula, presumível acusado de assedio sexual a funcionária e um outro processo que visa repor a legalidade.

 

Muito recentemente, o Presidente da Associação Mãos Livres, David Mendes, mostrou-se preocupado com o numero de casos de irregularidades e suspeitas de corrupção no tribunal do Namibe.  O caso da  viatura Nissan  Armada que já levou para a cadeia três jovens acusados  de terem difamado o bom nome do Juiz Presidente António Vissandula  de corrupto, continua a acautelar cuidados de quem de direito, para se repor as  veracidades factuais, segundo homens ligados as ciências jurídicas.






Debate o tópico nas redes sociais:





Debate no Club-K:


NOTA: Os comentários postados neste portal são publicados sem edição prévia e são da exclusiva responsabilidade dos seus autores. Por favor, leia os Termos de Uso. O Club-K reserva-se ao direito de moderar os comentários suspeitos de conter palavras ofensivas e apagar os que não cumpram as regras.



Comentários Arquivados:



Actualizar comentários 

0 zito 02-08-2010 10:10 #34
Quanto ao facto dos dr nao doutorados estudem invejosos ,invejosos.
voces sabem o que sao cinco anos de direito? nao é p/ quem quer,mais sim para quem pode.chamam o polo de faculdade que tristeza .vao la a faculdade pá e deixem de treta. matem a cobra e mostrem o pau conforme fez a Ana Paula e os demais doutores.
0 RAPAZ MAU 16-07-2010 19:26 #33
dem uma opurtunidade a senhora
poe o juiz na cadeia
0 SOLONGO 09-07-2010 23:12 #32
EU TB IRMAO APANHOU ME DE SURPRESA DOTORA ANA PAULA DESDE QUANDO? arrogantes para com isso vao la estudar de verdade!!!
0 Ex-Seminarista 09-07-2010 17:27 #31
Este senhor foi meu professor no Liceu do Huambo nos idos anos 70. Sempre tive uma impressão muito positiva dele, embora não tenha provas para dizer que o homem era casto em 100%. Era eu uma adolescente à procura de orientação e o professor Vissandula pareceu-me pertencer àquela classe de intelectuais que asseguraram a continuidade do sistema de ensino no centro de Angola, depois da fuga desenfreada dos portugueses, da partida de muitos filhos do Huambo para Luanda e de outros tantos para a Jamba. Muitos da geração deste docente tinham passado por seminários e sei que muitos viriam depois a formar-se em direito. O que sempre me admirou nestes antigos seminaristas é a sua sede pelo saber, pela aquisição de conhecimentos. Ninguém mo disse. Constatei-o pessoalmente. Uns estarão na Huíla, outros em Luanda e fiquei agora a saber que este anda no Namibe. Tomei conhecimento há tempos de algumas acusações contra os que estão na Huíla e na altura algo me fez acreditar que as alegações eram motivadas por razões algo escusas, em que a dor de cotovelo não era totalmente alheia. Depois de ler alguns comentários do Invejaaaaaaa Said fiquei aqui a cogitar para mim própria se o mesmo não se passará com o nosso grande Professor Vissandula.
0 Grey 09-07-2010 15:10 #30
Anatomia é uma ciência muito bonito, k nem todos tiveram ou têm o previlégio de estudar. Por isso devia agradecer pelos conhecimentos gratis k te foram transmitidos. Mal agradecido...
0 PURO WI 08-07-2010 23:17 #29
COSAS DE ANGOLA
0 Molamale 08-07-2010 21:16 #28
por favor meus senhores será q este senhor é sempre inocente,nunca faz nada.Por favor revejam o comportamento deste tipo q nem merece ser tratado por juiz, levem este bandido as barras do tribunal
0 o homem da seca no sul 08-07-2010 12:03 #27
já comeca a preocupar-me as acusacoes do sr Juiz presidente Vissandula....a lgo nao vai bem ai e tbém já é mta concidencia,ass im nao dá!!!!
0 invejaaaaaaaaa 07-07-2010 21:59 #26
ESTE JORNALISTA ARMANDO CHICOCA E PARENTE DO JUIZ MAIS QUANDO ELE FEZ CONFUSAO NO GOVERNO DO NAMIBE O GOVERNO PROCESSOU-O E O TRIBUNAL CONDENOU-LHE 30 DIAS E AGORA ESTA CO RAIVA.QUEREMOS LER NOTICIAS NAO PROBLEMAS PESSOAIS OK.FACAM REUNIAO FAMILIAR E TERMINEM COM ISTO NAO NOS FACAM LER SEMPRE A MESMA COISA.
0 invejaaaaaaaaa 07-07-2010 21:54 #25
sempre a lutarem contra o filho alheio,estudou sozinho deichem-no chega de inventarem estas historias,nao e verdade desde quando esta senhora trabalhou na justica,em que area entrou em que concurso sem idade para ingressar na funcao publica
leftCLUB-K.net é um portal informativo angolano ao serviço de Angola, sem afiliações políticas e sem fins lucrativos cuja linha editorial consubstancia-se na divulgação dos valores dos direitos humanos, educação, justiça social, analise de informação, promoção de democracia, denuncias contra abusos e corrupção em Angola.

O CLUB-K.net foi fundado aos 7 de Novembro de 2000, e é integrado por jovens angolanos (voluntários), com missão representativa em diversos países e reconhecido a nível internacional como uma organização não governamental.

REDES SOCIAIS

NEWSLETTER

Assine a nossa Newsletter para receber novidades na sua caixa de e-mail. "Gosta" da nossa página no Facebook para receber novidades na parede do seu perfil no Facebook.

INSERE O SEU E-MAIL