Novo Ministro afasta directores dois dias após a sua tomada de posse

Lisboa - O novo  Ministro das Obras Públicas e Urbanismo, Fernando  Fonseca avançou com despachos de exoneração de altos funcionários do ministério.  Afastou na Quinta-feira (2),  o Secretario Geral do Ministério, Celso Santo Carvalho,  o director do  Instituto Nacional de Estradas de Angola (INEA), Joaquim Sebastião e seus respectivos directores adjuntos. O INEA é agora dirigido por uma comissão de gestão cujo coordenador  é  Morales de Abril, o DG do laboratório de engenharia de Angola.


Fonte: Club-k.net

 Chicoty é  o único que denota ter ética

Fernando Fonseca oriundo da Sonangol tomou posse no dia 30 de Novembro e dois dias depois procedeu com as exonerações causando a impressão de estar a enveredar por  uma “remodelação encomenda”. A atitude do mesmo   tida como  inédita na política angolana é seguida pelos seus colegas  recém empossados no palácio presidencial. (No passado os governantes recém empossados trabalhavam  com o staff do seu sucessor e só depois de seis meses nomeavam os elementos da sua confiança.)

 

Em Luanda,  por exemplo, o novo Governador, José Maria Santos afastou o director da Elisal António Lúcio Martins   para nomear no seu lugar , Antas Miguel, o Director do Saneamento da Província de Luanda. Antas Miguel  já foi no passado o   DG da Elisal tendo sido afastado pelo antigo governador Job Kapapinha.


De entre todos os nomeados, o novo Ministro da diplomacia, George Chicoty, terá sido o único que denota ter  ética quanto aos afastamentos. Tenciona nomear novos directores  mas apenas  após avaliação  administrativa decorrente da competência de cada um. Devera levar em  conta os anos que cada um tem de serviço.

 

O novo modelo de “exonerar  logo que assumem o poder” começou a ser sentido com o novo Ministro do Interior, Sebastião Martins. Afastou 32 quadros do Ministério, na sua maioria elementos  com vinte anos de casa/trabalho. Diz-se que em nenhuma parte do mundo aconteceu exoneração a nível  ministerial  envolvendo a cifra 32.

 

Os dirigentes   angolanos foram recentemente   objecto de criticas do PR que considerou que alguns estão   desenquadrados das normas. São inexatas as motivações que levaram JES a afastar  os recém exonerados. Em meios políticos em Luanda apresentam como prováveis argumentos da recentes exonerações, as seguintes observações a saber:

 

- Francisca  do Espírito Santos, ex-governadora de Luanda – Incompatibilizou-se com a OMA e subseqüentemente  com o líder do MPLA em Luanda, Bento Bento.  As relações com o PR passaram a ser referenciadas como frias. Em mais de duas ocasiões,  JES passou lhe publicamente certificado de incompetência.


- Carla Ribeiro, ex- Vice-Ministra dos transportes – é formada em arquitectura. Corre no Ministério que não dava conta do recado. O  trabalho que ultimamente apresentava   era  feito pelos directores nacionais. Diz-se que nos  últimos tempos encurtou a sua dedicação ao trabalho passando dar  relevância “aos esquemas”. Foi nomeada, Vice-Governadora de Luanda em substituição de Bento Soito.


- Victória da Conceição, a ex- Vice- governadora da Huila para a área técnica,  terá saído a  pedido do governador provincial, Isaac dos Anjos. Nos últimos meses denotava inconformismo com a área em que foi nomeada. Em meios  partidários  invocava  que a sua área de domínio  é a área social (Antes de ser nomeada “Vice” da Huila a mesma  era a responsável da promoção da mulher na província). 


- José Ferreira, ex ministro das obras e construção – Diz-se que não estava a dar conta do recado. Corria que teria se incompatibilizado com altos funcionários do ministério com realce ao Secretario de Estado para a construção, José  André que goza de aceitação no gabinete presidencial. Também fazia gosto de ver exonerado o director do INEA, Joaquim Sebastião.


Carlos Bragança , ex - Vice-ministro das Relações Exteriores, foi no passado quadro da DAGO, tendo depois sido transferido para o ministério das finanças. Assunção dos Anjos que deixa o posto a seu pedido, chamou-lhe para cuidar da administração do ministério acabando por se incompatibilizar com os funcionários do MIREX.







Debate este tópico nas redes sociais:

Comente com o seu perfil no Facebook







Debate este tópico no Club-K:

Comente no Anónimato (sem iniciar sessão) ou via Redes Sociais (Facebook, Twitter, Google ou Disqus)!

Quem Somos

CLUB-K ANGOLA

CLUB-K.net é um portal informativo angolano ao serviço de Angola, sem afiliações políticas e sem fins lucrativos cuja linha editorial consubstancia-se na divulgação dos valores dos direitos humanos, educação, justiça social, analise de informação, promoção de democracia, denuncias contra abusos e corrupção em Angola.

Informamos o público sobre as notícias e informações ausentes nos canais informativos estatal.  Proporcionamos ao público uma maneira de expressar publicamente as suas opiniões sobre questões que afectam o dia-a-dia, qualidade de vida, liberdades e justiças sociais em Angola... Leia mais

Contactos

 

  • E-mail: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

  • WhatsApp: (+244) 918 512 433 Para uso no aplicativo WhatsApp apenas!

  • Reino Unido : (+44) 784 848 9436

  • Buffalo / EUA: (+1) 347 349 9101 

  • New York /USA: (+1) 315 636 5328

Newsletter

Assine a nossa Newsletter para receber novidades diárias na sua caixa de e-mail.

INSERE O SEU E-MAIL

Infográficos