A carregar...

Artigos

Kamalata Numa nas atenções do SINFO

1 1 1 1 1 Como classifica este artigo? 0.00 (0 Votos)

Lisboa -  O “branch” do  Serviço de Inteligência e Segurança do Estado (SINSE) no Huambo tenciona apresentar uma  orquestrada unidade militar (tropa fantasma)  supostamente organizada pelo Secretario-Geral da UNITA, Abílio Kamalata Numa afim de associá-lo a “actos de instabilidade no país”.  O  militante  António Kaputo recentemente detido pelas autoridades por divergência com um soba, no Bailundo  deverá ser citado como  logístico da tal  unidade.


Fonte: Club-k.net

SG da UNITA tornou se alvo preferencial

A   acção do SINSE obedece a cálculos eleitorais  e visam  criar um ambiente de suspense destinado a  afastá-lo   ou reduzir  as  suas visitas em algumas  comunas no interior da província descritas como “zonas estratégicas da UNITA”.


Abílio Kamalata Numa tornou-se no  dirigente da UNITA   mais citado nos pareceres  internos do SINSE, nos últimos cinco meses.  A motivação que faz com que o mesmo  desperte atenção das autoridades esta  relacionada a sua permanência constante  na Província do Huambo, onde o seu partido  é suspeito de  transformar  em “estado maior”, alguns celeiros,  para uma atribuída pré  campanha eleitoral.


As actividades político partidária de Camalata Numa, no Huambo  são   acompanhadas de  perto pelo SINSE  por intermédio de um “task force” contando com a indulgência de   uma  rede interna distribuída nos municípios  que reporta a um  superior provincial da segurança de estado,    Mateus Sipitali.  Faz ainda parte do “task”, um pivô   no Município do Bailundo  identificado por  “Lucas”.


Em finais de Outubro a delegação do SINSE no Huambo despachou para Luanda um relatório sobre a vida da UNITA naquela província  em que o deputado Camalata Numa é apresentado como estando a tomar vantagens da comuna de Cambuengo que é uma localidade considerada pelas autoridades como “sensível” por acolher  antigos combatentes do extinto exercito da UNITA. Nesta mesma altura, o  “task force” teria sido orientado a acompanhar   uma deslocação de Camalata Numa  a   comuna do Sambo no Município do Mungo naquela província ao qual teria discursado para a população dizendo que Angola estava diante de um regime “corrupto”. O  relatório do “task force” descreveu o discurso de Camalata Numa como   “aterrorizante” para as populações.

 

Camalata Numa também  é visto com freqüência na comuna do  Lunji, terra dos seus progenitores, o que levanta suspeitas das autoridades que esteja a mobilizar as populações para o seu partido.


Nos últimos tempos o  Huambo  tornou se  num campo de batalha política entre militantes da UNITA e do MPLA resultando em acusações mutuas ou  agressões físicas. Muito recentemente, numa reunião partidária,   o primeiro Secretario do MPLA no Bailundo, Emiliano Tchinjendy teria afirmado que “não podia haver mais em nenhuma aldeia um soba com duas bandeiras partidárias”.  A 18 de Fevereiro, um grupo de 300 ex-soldados da UNITA, em desespero,  teriam  sido travados de enveredar por uma rebelião  em  retaliação  a uma onda detenções contra colegas seus.

 

A província do  Huambo  é  um celeiro tradicional da UNITA, porem nas eleições de 2008,  os mesmos foram esmagados pelo MPLA sem terem podido  eleger um  único deputado. Os dirigentes da UNITA, nas deslocações que fazem ao interior da província ficam interiorizados de que a percentagem de votos que alcançaram nas ultimas eleições    são desproporcionais as manifestações de apoio que tem em zonas estratégicas. A acção de despersuadir o general Kamalata Numa é vista como estando destinada a desencorajá-lo   de resgatar apoios na  província.

 

Dentro da UNITA, começaram a ter percepção ou suspeitas de que as  deslocações do seu SG  ao Huambo podem encorajar com que lhe  atribuíem a um destino semelhante ao malogrado Mfulumpinga Landu Victor do PDP-ANA. Invocam como sinais um atentado, em Abril de 2010, em  que o mesmo saiu  ileso na aldeia de Chilombe, comuna do Lunji, no Município do Bailundo. Outro sinal político que alimenta tal convicção dentro do maior partido da oposição tem haver  com uma acção  que as autoridades levam a cabo a fim de suspender o seu mandato como deputado a Assembléia Nacional. Desta forma, Camalata Numa estaria desprovido de imunidade, proteção protocolar e outros.

 

Desde  o passado dia 23 circulou uma mensagem telefônica em Angola atribuindo à UNITA a iniciativa de uma  anunciada manifestação pública marcada para  próximo dia 7. A mensagem  que coloca o general Camalata Numa como o principal orquestrador da citada manifestação  tem o seguinte conteúdo:  “ATT: a UNITA está apostada em desestabilizar completamente o País a partir de Março. O plano é de Camalata Numa, assassino que preparou grupos de bandidos para iniciar a confusão. Os angolanos devem estar vigilantes para não permitir uma nova guerra”.

 

Os mentores da mensagem solicitam que  o receptor transmita a mesma para outras pessoas. A paternidade da  mesma  está a ser atribuída aos Serviços de Inteligência, em virtude de um dos números de origem da mesma ser de uso eventual de um dos seus elementos, não obstante ao acesso/facilidade  que tiveram em espalhar em massa em  terminais telefônicos. De recordar que mensagem  idêntica foi  distribuída em 2006 logo após a demissão de Miala.






Debate o tópico nas redes sociais:





Debate no Club-K:


NOTA: Os comentários postados neste portal são publicados sem edição prévia e são da exclusiva responsabilidade dos seus autores. Por favor, leia os Termos de Uso. O Club-K reserva-se ao direito de moderar os comentários suspeitos de conter palavras ofensivas e apagar os que não cumpram as regras.



Comentários Arquivados:



Actualizar comentários 

-1 JES 08-03-2011 17:09 #127
Por favor JES o MPLA nao eh seu voce tem que sair estas cansado vai descansar nao da nem pra olhar a sua cara,nos estamos fartos de si e dos teus filhos, vamos delegar esta posicao alguen com capacidade e respossabilidad e tu estas agir como uma crianca estas coisa sao inadimissiveis por favor te peco
0 Faria Franco 08-03-2011 11:05 #126
Segundo a ONU a maioria da populacao angolana e analfabeto funcional. Ou seja,sem eufemismo,a sociedade angolana e constituida na sua maioria por pacovios.
E exactamente ai que esta a forca do MPLA.O MPLA sabe que para se perpetuar no poder nao pode investir na educacao. A maxima e alienar para reinar. Na terra de cego quem tem um olho e rei.Nos somos governados por politicos de baixo nivel de competencia e sem qualquer compromisso com o interesse publico. O interesse de um grupo ou familia pode soprepor=se sobre o iteresse nacional.
A nossa massa ignara e o sangue que alimenta o MPLA.
0 Dr mandavid 08-03-2011 08:49 #125
Eles podem matar 1,2 ou mesmo 3 ROSAS mas jamais a PRIMAVERA
0 João 07-03-2011 20:21 #124
xtamos cansados deste PR e seus cupilos. é triste viver num País q o povo é medroso e corruptível.o nosso povo xtá vendido na bebida.
0 manucha 07-03-2011 17:30 #123
olha eu nao tenho muita experiencia em termos de politica mas eu acho que sinceramente e um exagero um presidente estar a mais de 20 anos a governar e que a maioria do parlamento estar cheio de MPLAS. eu acho que nos neste momento nao estamos a viver uma democracia mas sim uma ditadura porque so eles e que tem boca no parlamento.
mas tambem nao acho que uma revolucao que causam impactos mortais e uma grande probabilidade da volta de uma nova guerra que so vai retardar o nosso pais mais doque ja esta seje uma solucao certa.
eu acho que os seguidores e os lideres desta revolucao pensacem nas consequencias da mesma. porque podem ate conseguir o que eles querem mas sera que ao conseguirem, vai ser como eles pensam agora?
0 El Própio 07-03-2011 11:28 #122
Por seres coelho estas acostumados a seres comidos, es sempre a guarnição de qualquer prato.

Não precisamos ser Dr.s para sabermos q o poder dDEVE ser alternado, quando vc acho que JES deverá deixar o poder?
Será ele o único cidadão capaz de governar o País?
Diga-me um dos Dtos constitucionais do povo?
se solicitares uma vigilia a favor do JES ou do M, será autorizado de contrario não. pq?
Será que tens algum dto de reclamar algo? ou tudo está bem ao teu ver?
Imagina um mato sem senora, milho ou mandioca. sobreviverias COELHO?
0 canvula 07-03-2011 10:22 #121
Estao a tua espera inocente
0 Nvula 07-03-2011 09:56 #120
Mano se queres o teu tabuleiro de xadrex ou a tua bengala, fala Mano, deixa para o fanatismo seu traidor. Hoje serias o Vice Chefe do Estado Maior mas por causa do fanatismo fugiste na mata para seguir o Jaguar seu mbulo, caudilho. Se queres o teu tabuleiro ou a tua bengala que voçe abandonou quando o teu pai apanhou das bilhas é só falar Mano Burro.
0 soares dos santos 05-03-2011 14:46 #119
Estamos cansados das vossas manipulacoes meus senhores ou voces facam em condicoes a reparticao do poder ou tem que arrumar as pastas pq ja disse o Sr. Nkunda com todo respeito que qremos saber as vossas origens. Portanto irmaoes angolanos vamos acabar com a pobreza em angola que ate na diaspora faz-se sentir isso. O 1 milhao de casa estao aonde? mais de 100 mil empregos para a polulacao estao aonde? portanto irmao angolano nao deixem-se influenciar pelas manipulacoes do partido no poder. Tudo o que eu aconselho é nao ha violencia mais sim a uma reveindicacao justa e merecida e sem vandalismo ouseja boa manifestacao para todos os angolanos de cabinda ao cunene e de angoal ha diaspora. Se constituicao autoriza a manifestacao no seu artigo 47 da carta magna entao que o facamos sem estragar nada mas sim para grandes melhorias para o pais e mormente para a juventude que tanto precisa. Jovem angolano nao aceitem serem manipulados, pelo partido no poder pq deles nao vem boa coisa se nao mesmo o seu proprio interese concernente aos seus bolsos. Termino assim: O poder angolano esta entregue em maoes de estrangeiros boa tarde para todos.
+1 Luso-Africano 05-03-2011 12:30 #118
De acordo.
leftCLUB-K.net é um portal informativo angolano ao serviço de Angola, sem afiliações políticas e sem fins lucrativos cuja linha editorial consubstancia-se na divulgação dos valores dos direitos humanos, educação, justiça social, analise de informação, promoção de democracia, denuncias contra abusos e corrupção em Angola.

O CLUB-K.net foi fundado aos 7 de Novembro de 2000, e é integrado por jovens angolanos (voluntários), com missão representativa em diversos países e reconhecido a nível internacional como uma organização não governamental.

NEWSLETTER

Assine a nossa Newsletter para receber novidades na sua caixa de e-mail. "Gosta" da nossa página no Facebook para receber novidades na parede do seu perfil no Facebook.

INSERE O SEU E-MAIL