Porto - O economista Fernando Heitor, líder do governo-sombra da UNITA, desafiou hoje no Porto os empresários portugueses a investir em Angola, mas fora da capital, referindo que há incentivos para quem opta por outras províncias.


Fonte: Lusa


ImageEm declarações à Lusa, Fernando Heitor explicou que "os incentivos são mais significativos para aqueles que investem um mínimo de um milhão de dólares, mas para os outros também há". Se um empresário investir nas províncias mais recônditas, "obviamente que o tratamento vai ser outro, porque o Governo está a estimular" o investimento nessas regiões.


Além disso, acrescentou, "quando se investe nas províncias mais afastadas de Luanda, os governos provinciais tem orientações para agilizar o máximo possível a burocracia", disse hoje à margem de uma conferência no Porto o ex-vice-ministro das Finanças angolano, no Governo de Unidade e reconciliação Nacional e actual coordenado do governo-sombra da UNITA, principal partido da oposição.



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: