Malanje -  José Eduardo dos Santos (JES) não é e jamais será libertador do povo angolano, seu cognome é de fácil tradução: ele é o intrigante (el matador infame, “rei Eduardo último” que a muito vai nu). JES não e nem será jamais o libertador do povo angolano e se depender dele para sermos um povo livre, temos de nos desobrigar de segui-lo agora, e já. Apesar de critico, esse é o momento decisivo das nossas vidas para nos tornarmos de facto e de direito um povo livre e independente.

Fonte: Club-k.net

JES decidiu manter-nos a todos acorrentados e amordaçados, mas, por outro lado, o povo sabe que não existe um modo magico de nos libertarmos que não seja o de irmos lutar politicamente para as ruas e avenidas das nossas cidades, isso exige de nós enormes sacrifícios para obtê-la.

ALGUÉM QUE OPRIME TRINTA E QUATRO ANOS NÃO LIBERTARÁ JAMAIS A SUA PRESA

 JES é um terrível malfeitor desalmado despido de sentimentos, e tão pouco se compadece com o sofrimento do povo e nem moralmente se sente culpado pelos constantes assassinatos organizados em massa pelo seu regime e a seu mando! Ele não coloca limites a sua ânsia de mutilar malvadamente o povo que a ele se opõe.

O presidente disléxico não pretende deixar de oprimir e humilhar implacavelmente o sofrido povo angolano. Acredito que por esse motivo, a única saída que o povo tem para inverter essa escalada massiva de violência protagonizada dor JES e sua matilha de lobos; é sem duvida unirmo-nos para lutar em praça pública contra o vil ditador, e darmos um basta ao infame regime déspota que, tanto atormenta o povo no seu todo!

Também é o momento certo para darmos um veemente recado ao mundo da nossa motivação de lutarmos pelos nossos direitos de sermos um povo livre num estado de direito e democrático, pois, que, nós angolanos aprendemos a muito que, os ditadores e as ditaduras não são reformáveis, por isso têm de ser completamente banidas com extrema prontidão do nosso convívio.

O REPETIDO CONSELHO PARA JES

O regime de JES morre de medo só de ouvir falar de um possível levantamento social clamando por liberdade nas ruas do país. Assistimos pela televisão a crescente revolta social a decorrer no Brasil, vimos nas ruas o povo reivindicar o fim da roubalheira, também assistimos com orgulho a elegância como a Presidenta do Brasil reagiu ao apelo popular; essa menção serve como uma excelente lição para qualquer futuro candidato presidenciável em Angola.

Os angolanos cresceram e cresceram muito, hoje estamos muito mais amadurecidos, e JES sabe disso. O povo sabe e tem certeza que JES é algo descartável para o seu bem estar social. JES nutre um manifesto ódio pelo povo angolense que, causa até arrepios, em resposta o povo não deseja compactuar mais com essa pessoa que igualmente causa ao povo sentimentos tão animalescos que o possam levar a tomar atitudes desconcertantes.

Sei que, se conselho fosse bom não se dava vendia-se, ainda assim, aconselho JES a deixar o poder e a sair urgentemente do nosso país enquanto é tempo e leve toda sua trupe e toda sua prole com ele.

JES NÃO PERDE POR ESPERAR

O maior respeito que se pode esperar de um presidente legalmente eleito é o respeito que ele deve ter pelo soberano; e foi precisamente este o sentimento que demonstrou a maior magistrada da nação brasileira, a Presidenta Dilma Rousseff.

A economista brasileira nas vestes de Presidenta da República declarou publicamente ao povo brasileiro e ao mundo com estrema elevação que, as manifestações protagonizadas pelo povo nas ruas fortaleceram ainda mais a democracia brasileira. Na verdade as manifestações no Brasil fizeram com que o povo levasse o país a acordar mais forte e decidido a mudar de vida. E quanto a nós em Angola! Como ficamos camaradas? Vamos continuar a temer o ditador cara de pau?

Quem tem medo afinal do lobo mau? Será que ainda não conseguimos entender o recado vindo da parte do povo brasileiro? Será que tememos assim tanto o regime EDUARDISTA ao ponto de deixarmos os nossos créditos nas mãos do presidente mais corrupto e gatuno do mundo? 

A uma conclusão teremos chegar e tirar as devidas ilações pela lição recebida! E as lições são muitas e ótimas para percebermos que JES e a sua turma estão a sua sorte, eles estão completamente a sós na pendenga que arrumaram contra nós povo angolano em luta. Está claro que na Angola de hoje, nenhum general dará a vida em defesa do acuado ditador para defendê-lo? 

Ninguém no seu perfeito juízo se levantaria para defender um figurão da estirpe do ditador angolano nem alguém daria a sua vida para proteger as filhas e os filhos do ditador de triste figura!

Nenhum exercito no mundo por maior que seja, nem policia alguma por mais partidarista que seja jamais conseguiria matar o povo aos milhões! Sobretudo num país socialmente complicadíssimo e de extrema conflitualidade como se configura o nosso.

Somos milhões que desejamos ardentemente desejamos dar um basta à bandidagem, ao nepotismo e ao peculato desenfreado que graça em Angola a mando das autoridades estacionadas na cidade alta, que tanto polui e deprime alarmantemente a consciência nacionalista das nações que compõe o tecido populacional que formatam a essência do povo angolano.

TEMOS DE SAIR COM URGÊNCIA PARA A RUA E LUTAR

Somente unidos daremos fim às traquinices e intrujices do regime e colocaremos definitivamente no olho da rua ele e toda sua parentela de astutos meliantes gatunos oportunistas de índole duvidosa, mas, para isso temos de lutar organizadamente meus irmãos. Não podemos protelar mais camaradas, nem podemos permanecer nessa indecisa inaptidão em que nos encontramos, temos de romper com o medo definitivamente e sair desse vale da sombra da morte instalado a ferro e fogo por JES!

Temos de agir já, e mudar esse terrível quadro adverso e tenebroso que JES abriga todos a vivenciar. JES age como quer, ele faz e desfaz, põe e despõe da totalidade país e do erário público em beneficio pessoal e de sua família. JES humilha-nos a todos os que combatemos pela pátria e não só. JES não consulta ninguém ao nomear seus parentes e filhos nos lugares onde graça o nosso KUMBU!

Ele não se coíbe em assassinar o povo em massa e de matar seletivamente seus adversários, em fim, ele faz o que deseja. Chegou à altura maninhos de darmos um definitivo basta aos indiscriminados abusos e desmandos institucionalizados pelo punho enganador de JES. Ele insistentemente prevarica abusivamente no uso indevido do abuso de poder, o nepotismo e o peculato são uma pratica recorrente quando se trata de colocar seus rebentos como guardiões da nossa bufunfa!

Se não o fizermos agora alguma coisa para mudar esse quadro de coisas, teremos pela frente um e elevado custo a pagar. Pois, se assim não o fizermos, jamais seremos levados á sério por povo nenhum dos países que, lutaram e que ainda lutam pelas liberdades que só podem ser alcançadas nas verdadeiras democracias participativas.

O país não tem um só dono, o povo é o único e exclusivo proprietário da terra angolana, e hoje ele é espezinhado pelo cancerígeno ditador amedrontado. O presidente JES teme o poder que o povo detém nas mãos, ele não aceita partilhar nada com os donos da terra, um presidente que apenas conversa com seus familiares e com eles divide todas as receitas financeiras advindas da comercialização do nosso crude e dos nossos diamantes, não é digno de ser acarinhado nem aceite no nosso seio da nossa angolanidade familiar.

É triste darmos conta que temos um governo que nunca percebeu que apenas é o inclino que a qualquer momento pode ser desalojado, esse presidente e o seu governo compartam-se de um modo esquisito, eles pensam e agem como se fossem donos do país! O governo de JES encontra-se na regência administrativa do país a tempo demais a gerenciar indevidamente a coisa publica a olhos nus. JES é uma fraude e uma frustrante decepção para os angolanos e para o mundo democrático em geral!



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: