Prezado Dr. Marcelo Odebrecht

Apraz desejar-lhe bom ano de 2015.

Não posso dizer o mesmo para os trabalhadores da Odebrecht Infraestrutura em Angola, porque os lideres ou seja Diretores informaram aos trabalhadores que haverá demissão coletiva porque o nosso Governo não está dar obras e o valor do orçamento que foi aprovado é insuficiente para suportar os salários dos Angolanos.

O governo tem razão de não dar obras a Odebrecht Angola pois as obras que fazem são consideradas descartavéis porque? Porque a Gestão do DS (Director Superintendente) Ernesto Baiard nada fez para adquirir mais obras e convencer o governo da qualidade das suas obras, a única coisa que fez e faz até agora é a ostentação, preocupa-se em mandar vir muitos expatriados amigos e parentes, pessoas inexperientes para ocuparem lugares de liderança e assim beneficiarem de regalias como salários altos, de casas de luxo em condomínios mais caros de Angola como o condomínio Rivieira, Monte Belo e outros onde uma casa custa o valor mensal de 25 mil dólares americanos, para além das taxas de condomínio, transporte, internet, parabólica, telefones com roaming, viagens de turismo etc.

Nos disseram também que precisam reduzir os custos. Os custos que devem ser reduzidos são a mão-de-obra expatriada não qualificada que existe dentro do monopólio liderado por Erneto Baiard, mão-de-obra esta que já existe composta por quadros nacionais formados, pessoas de conhecimento com experiência de 10, 20, até 30 anos de Odebrecht e que estão sendo despedidos somente para manter as famílias de um pequeno grupo de directores que trouxeram; os filhos, os irmãos, os primos, as esposas, as cunhadas, as sobrinhas para ocuparem os lugares dos quadros nacionais.

Vejam o exemplo do Diretor Francisco Ayres que até fechou a casa no Brasil porque a geração todo veio trabalhar em Angola, Esposa, irmãos, primos, cunhadas, concunhadas, sobrinhos, compadres até as tias vieram ganhar mais um pouquinho ficando babás dos filhos destes.

Todos estes têm a categoria de Administrador, mas não administram nada. As Tias as chamadas agregadas não são trabalhadores da Odebrecht mas como o irmão é o líder da área dos vistos estas tias entra com visto de trabalho fraudulento como se fosse uma trabalhadora da empresa (O grande esquema dos vistos de trabalho já denunciado também entra na ODEBRECHT).

O Outro assunto que vai fazer a Ode entrar em falência é o sobre facturamento da família Francisco Ayres, se ainda não deram conta ou estão a fingir ou estão dentro do esquema é que em todas as áreas adm suprimentos e finanças de todas as obras em Angola está um parente do Francisco Aryres, fica mais facíl assim fazer pagamento de fornecedores fantasmas de serviços que nunca foram feitos dentro destes projectos.

Perguntem ao Silvio Pimenta porque o Lider autoriza ele a emitir O.S (Ordem de Serviço) a fornecedores que não prestam serviço no setor? Se tiverem duvidas façam o levantamento de todos pagamentos feitos em 2014, o esquema já está todo montado, o Francisco Ayres vai aprovar o pagamnto afinal é o diretor da área do cumbú.

O Silvio Pimenta é o homem do Bisno, com mais de vinte anos de experiencia conhecem bem a cidade e todos os fornecedores de angola por isso eles vão manter o homem aí até o final, humilha os coitados dos liderados dele ofende grita, ameaça e humilha tudo isso na presença do líder, ele está super confiante anda a rir de tanta felicidade e da desgraça dos outros ele quem contrata os fornecedores, é ele quem faz os contratos das casas alugadas são ele quem manda no estaleiro, vende, compra faz tudo e divide a comissão com o chefe, faz e desfaz abusa não há jacaré que vai conseguir comer ele.

Esta situação está toda generalizada na Ode todos os diretores trouxeram as famílias por isso as obras não podem ser de qualidade, essas famílias não venhem trabalhar só estão a ostentar exibir, não acompanham os trabalhos, não conferem, não cumprem com os prazos, não dão resultado satisfatório para o cliente, estão com olho no lucro fácil, nas gasosas, nas propinas com se diz aí no Brasil o cancro ramificou o corpo todo na Odebrecht Angola, só falta a morte.

O líder da Lojista Unificada considerado carcamano e racista é um bisneiro, é professor da AIE (FACULDADE DE ENSINO A DISTANCIA) não tem tempo para acompanhar o trabalho da área dele, quando saí da Aiec, vem todo frustrado com a pressão que os projetos fazem para entrega do material, começa a ofender e a ameaçar os trabalhadores Angolanos, não obstante o grito de socorro que fizeram para o nosso querido Diretor Dhaya Blando mas nada resultou o cara continua lá de pedra e cal. Agora ficou com ódio deste grito de socorro e vai fechar o sector, também ele não sabe nada de logística mesmo e também com a gasosa que o conterraneo dele ex funcionário da LU (Logistica Unifica) lhe dá mensalmente por conta do trabalho esta podre de rico (comissão da Transkosmos e outros) investiguem não a fogo sem fumo.

Portanto Dr. Marcelo Odebrecht, não é somente na Petrobraz onde tem os esquemas fraudulentos das gasosas, aqui em Angola é pior, o Sr não imagina as barbaridades que os Brasileiros da Odebrecht fazem com os trabalhadores Angolanos e com eles mesmos. Muitas vezes somos quase que obrigados a nos humilhar com receio de perder o emprego muitos brasileiros chamados peões também são humilhados e maltratados, mas desta vez não há mais nada a fazer nem mesmo puxando o saco que já está vazio se nos safamos. Eles estão dispostos a dizimar os quadros que formaram, as pessoas de conhecimento pois não pretendem cumprir com as orientações do seu pai Dr Emilio.

Aquando da sua visita em Angola informou a presidente JES que em 2015 estaria a dar os cargos de direcção aos Angolanos pois acreditou que durante os 30 anos que a Odebrecht está em Angola já formou bastantes quadros capacitados e nós os Jovens Construtores, Jovens Parceiros, ENGENHEIROS, TECnicos ESPECIALIZADOS, Administradores e ENCARREGADOS acreditam também nesta informação.

Mas afinal é tudo falso isso não vai acontecer porque estamos todos na lista dos despedidos.
NÃO TEMOS PROGRAMA PARA TI, temos que rezudir custos, este é o termo que estão sendo utilizados pelos líderes.

O líder da TI (Tecnologia de Informação) filhinho mimado de Papai fez tanta guerra para trazer a mulher e os filhos até conseguir, como o Pai é Director falou com o Ernesto Baiard, e a força tiraram o anterior líder um homem muito competente para colocarem o filhinho mimado que nada sabe, nem informação ele consegue dar aos seus liderados, agora vem dizer que estão todos despedidos, porque são saí ele que tem custo alto, temos na TI grandes engenheiros nacionais, pessoas com conhecimento de mais de 25 anos que podem muito bem liderar esta área com competência, alias é isso que eles fazem eles é que executam eles é quem operam, são os Angolanos chamados de burros que fizeram crescer a odebrecht, o líder copia o trabalho e apresenta os resultados ao (DC) Director de Contrato e recebe um prémio bem alto.

 Mas os custos estão identificados, custo não é salario do Angolano.
Custos são: aluguel de casas, apartamentos, viagens luxuosas com custos da empresa nas cidades como Las vegas, Nova Iorque, Miami, Londres, Lisboa, Dubai, Jerusalém, Captown, Paris e outras.

Já nem no Brasil vão de folga, isto é que é vida pá. Quem não queria este emprego?com estas facilidades todas? Agora venhem me dizer que precisam reduzir custos? Para o clã manter a vida luxuosa que lhes é proporcionada pela Od em Angola.

DR Dhaya me explique Quais são os critérios que utilizaram para estas demissões? É caça as bruxas? É por competência? É por salários adquiridos por mérito e competência? É por ser persona non grata? ONDE ESTÁ A TEO (TECNOLOGIA EMPRESARIAL Odebrecht), ONDE ESTÁ O CODIGO DE CONDUTA criado pelo Juridico? Onde estás Ernesto Vaz Sr Das leis, para orientar como se deve reduzir os custos na empresa? Já informar a Inspeção do Trabalho? o Justino pagou quando para abafar este caso?

Já viram o que diz a LGT para os despedimentos anárquicos, Há filhos e enteados dentro desta empresa, as pessoas estão a ser selecionadas por amizade, se é parente de membros do Governo fica, se entrou por indicação de alguém que é amigo, lambe botas de um diretor ou gerente fica, os DC´s (directores de contratos) estão com plena consciência desta discriminação e injustiças pois estas pessoas não trabalham, não aparecem no local de serviço não dão resultados, nem sabem fazer nada mas os lideres precisam das assinaturas e das influencias dos parentes deles.

É desta forma que vão construir as melhores estradas e outras obras?

 JB faça bem as contas no processo de quita, os descontos que vc faz na folha de salario sobre o INSS E IRT e sei lá mais o que, estão errados e temos provas que estes descontos não vão para nos cofres do estado, uma parte fica para vc e seu líder, cuidado com os descontos, temos as provas já estão copiadas (CUIDADO).

Façam essas demissões com base nos critérios da TEO (TECNOLOGIA EMPRESARIAL Odebrecht), mas avaliem bem se isto que estão a fazer é justo, para que a geração que vai ficar não seja prejudicada com esta injustiça que esta a ser feita neste ano de 2014 e 2015, parem com as ameaças e intimidações, pessoas que construíram uma vida, fizeram empréstimos para a compra de habitação condigna, igual a que vocês vivem no talatona a contar com este salario, por causa da vossa má gestão vão ficar no desemprego, aqui em Angola também não esta fácil conseguir emprego.

Porque vocês nos mentiram, nos disseram que teríamos crescimento, que é uma empresa de futuro. SEUS VIGARISTAS, Os Brasileiro da Odebrecht são desumano por dinheiro faz tudo até atropelar o liderado. Os brasileiros que vive no Brasil é hospitaleiro, vocês já pensaram no estado emocional e psicológico das pessoas?

Mas é preciso que alguém abre o olho (Jukulumessu).

Poderão até ignorar esta carta mas que vão ler vão e vão tremer porque o que está escrito aqui é a mais pura verdade. Esses viciados também devem voltar para o Brasil, pedimos para injetar sangue novo.

O Dr. Marcelo não imagina que a empresa de três gerações da sua familia está endividada aqui em Angola até o último fio de cabelo. Os números que apresentam nas reuniões são falsos “o Governos não deve aquele valor exorbitante que estão a apresentar é o contrário quem deve ao estado Angolano e muitas empresas que prestam serviço é a Odebrecht” faça uma auditória mas não com a Delloit, essa empresa também tem lá primo do F.Ayres.

A LU (Logística Unificada) tem faturas com valores enormes com os despachantes, Caixa do Tesouro Nacional, enana, alfandegas, empresas de inspecçao, portos terminais, transportadores etc, o Luís Fernando está a mandar arquivar as faturas que os clientes estão a cobrar, quando ele for desmobilizado vai sobrar tudo para a Odebrecht.

Marcus Felipe é conivente mantém o homem aí a tanto tempo porque mesmo sabendo que ele é incompetente, você sabe qual o valor que a LU (logística unificada) tem com os transportadores? Com a Enana, então peça a ele o relatório que estas empresas mandaram no final de ano, Muitos milhões ele escondeu o chefe confia demais nele não deste importância ao grito de socorro.

Essas viagens que fazem para turismo as faturas não conseguem pagar as agências como TAAG e outras agências de viagens os líderes dizem: Debita na minha (UA) unidade de acompanhamento. Só que nestas UA´s já não tem dinheiro, tem milhões e milhões de faturas que não estão a pagar o chefe do CSC (Centro de serviços compartilhados) também parente do Francisco Ayres, estão a enconder as faturas para deixar kilapi para os outros, esta equipe esta a roubar muito, Dr dhaia muito cuidado é uma alerta, investigue você é o líder vai sobrar para ti, nem mesmo o Ernesto Baiard se sabe também lhe aldrabaram, lhe mostram só números manda ver todas transferências de 2013 e 14, exija prova do trabalho, vocês estão a dormir muito no avião. Viajam muito e não tem tempo de fazer contas, enquanto vocês viajam o Chefe do CSC também viaja só que viaja com os números com as transferências com ajuda do Fayres.

Exageraram na admissão dos parentes com salários gordos, gastaram muito, esbanjaram o EB mandava dar festas para tudo e todos, os outros também imitaram, se ele colocou os filhos dele no colégio americano porque que eu também não posso por? Coloca na minha UA.

Festa junina, festa do chefe, festa das kambas, festa do inicio de obra,festa do dc, festa do gerente, festa da resenha, festa das crianças filhos dos expatriados, festa das esposas, festa dos puxa sacos, campo de futebol só para jogar Brasileiros. Festa dos 30 anos só para Brasileiros (grande descriminação).

Pedimos Deixem o Dr Dhaya Blando trabalhar, deixem o homem conversar com os Angolanos, deixem ele valorizar a mão-de-obra qualificada, desde que ele assumiu a DS não consegue enxergar que todos os gerentes são parentes do Fayres. CHEFE você precisa inverter este quadro urgente faça também as suas mudanças não se deixe influenciar por esta família que levou a tua pata no Pai de santo, no candomblé.

Como Voce ainda não deu conta que ninguém desta família caiu na redução dos custos? Mandaram os outros brazucas para o Jacaré e eles estão aí a aumentar os custos com salários+casa de aluguel no condomínio+viagem+assistência médica+transporte gratuito+bisno e outros atributos.

FAÇA MUDANÇA:

Tem muito DC (diretor de contracto), tem DC de obra que ainda não foi assinado, tem DC de obra que já fechou, tem DC de obra que está no fundo tunél, tem DC que não apresenta PA como o Marcos Filipe que é de Supervião e Planeamento mas não supervisiona, chefe que só fica no gabinete chefe que não conhece os seus liderados, chefe que não sorri, chefe que não dirige a palavra nos liderados angolanos, chefe que guarda rancor a assuntos do passado coisas que aconteceram quando estava em outra obra, chefe fingido em calmo, mas é mau, é insensível, é desumano, cinico.

O Lider precisa dispor de tempo ou criar tempo para conhecer o liderado e fazer conhecido por ele, pedagogia da presença exige tempo, presença, experiencia e bom exemplo.
Esses DC´s é que precisam ser reduzidos tem muito dc e tem muito gerente brasileiro, todo gerente brasileiro tem um protetor o Paí, o irmão, o Marido, o cunhado, o tio, o compadre, o padrinho é o DC.

“E Assim que funciona na OdeBRECHT EM Angola, os chamados peixes, e todos estão aí a infernizar a vida dos Angolanos competentes, qualificados bem formados pela TEO, pelos ensinamentos do nosso saudoso e estimado Dr Norberto ODEBRECHT te veneramos, nos inclinamos perante os teus ensinamentos.

Ernesto Baiard e sua corja fora da liderança em Angola, já gozarm muito que venham novos líderes com capacidade e conhecimento para transmitir aos nacionais.

Lamentamos aos funcionários que vão ficar a trabalhar serão humilhados e abandalhados como cães se abrirem a boca para se defenderem vão para a rua, a LGT já não funciona na Ode Sindicato da D. Filomena que também esta com medo do Jacare. Parem com os primismos, as peixadas os compadrios o monopólio de liderança.

Mudem a cara desta que foi uma das grandes e melhores empresas de contrução em Angola, já foi líder na contrução, estão a perder terreno por má liderança, perdemos a obra da ponte molhada, perdemos as centralidades nem um prédio nos deram para rebocar, agora perdemos uma grande obra a encosta da Boavista, porque? Alguma coisa está errada.
Dr Ernesto explica?

No tempo do Octacilio, Mameri e do Genesio tínhamos obras até para dar aos sub-empreiteiros, agora não temos nada, vc só terminou as obras dos outros e esses prédios que estão a fazer no BBP (Belas Business Park que quando chove entra água, façam alguma coisa, se mexem, utilizem os olhos para enxergar e a cabeça para pensar

Feito em Luanda
Janeiro de 2015.

O coletivo da Odebrecht Infraestrutura



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: