Luanda - O Jurista Mauro Adriano Fernando Mendes anunciou a sua candidatura às eleições para o cargo de primeiro secretario da JMPLA Comité Municipal de Luanda. Desde já declarou que o seu principal objectivo é “servir e ajudar o par MPLA e Angola com o meu saber e profissiolismo”, cujas as linhas de ação ele explica na entrevista que se segue.

Fonte: Club-k.net

Club-k: Que avaliação faz da JMPLA actual?

 MM: Faço uma avaliação positiva, uma vez que como sabemos estes cessam agora, mas tiveram um mandato difícil tendo em conta a conjuntura que se fez valer.

 

 Que avaliação faz das lideranças juvenis dos outros partidos?

 

Os demais Partidos têm os líderes juvenis conforme a definição e estratégia encontrada e enumerada por eles. Só penso que falta diálogos intensos .

 

Certamente conhece a actuação do CNJ, que avaliação faz a aquela plataforma juvenil de angola? 

O CNJ precisa trabalhar mais. A democracia interna deve reinar e a representatividade juvenil deve ser levada em conta e de forma muito séria.

 

Para si quem são os jovens de mérito que lhe inspiram? 

No mosaico político e associativo angolano, inspiram-me pela coragem, disciplina, elevado espirito de Liderança, Maturidade Política e Capacidade de Gestão de Quadros e Conflitos os seguintes Políticos: Rafael Daniel Aguiar da CASA-CE, aproveitando também o facto para dizer que foi ele que descobriu-me na Academia, enquanto Estudante do Curso de Ciência Política na Universidade Agostinho Neto, e recrutou para seu Assessor Principal na JPA, aonde era Secretário Nacional e a posterior indicou-me para a minha primeira responsabilidade política como Secretário Municipal de Luanda da JPA; e o Sérgio Luther Rescova Joaquim do MPLA, dizer também que foi ele que me sensibilizou e recrutou para ingressar as fileiras da Juventude do MPLA e de seguida encaminhando-me para Assessorar o Secretário Provincial da Jmpla de Luanda

 

Já pertenceu a um outro partido politico angolano? 

 Pertenci antes a CASA-CE

 

  Acha que vai vencer?

Acho que sairemos vencedores porque os sinais apontam o momento como o indicador crucial para definir o vencedor. O MPLA tem novos desafios.

 

 O que tem a dizer em relação a governação de JLO?

 Apesar das dificuldades que o Presidente João Lourenço está a encontrar, felizmente está a ser possível caminhar e com a dinâmica que se está implementar, ele terá os melhores quadros ao seu serviço e juntos encontraremos soluções para os novos desafios.

 

Politica habitacional de 0 à 10

Dou um percentual de 4 %. Deve haver clareza e transparência na distribuição dos referidos bens e as políticas devem ser revistas para favorecer também o micro e pequeno empreendedor

 

Politica de empregabilidade de 0 à 10

Estamos numa escala de 3%. O executivo deve definir políticas claras e ajudar no nascimento de micro e pequenas empresas para ajudar a suprir a necessidade de empregabilidade com o auto emprego e sustentabilidade.

 

Um apelo a sociedade e aos militantes do vosso Partido MPLA

 Á sociedade vai o apelo no sentido de ajudarmos o Partido que governa na implementação das políticas definidas e aos militantes para que estejamos engajados na dinâmica que o nosso Partido está empregar.


Currículo

Nome: Mauro Adriano Fernando Mendes

Data de Nascimento: 14.06.1989

Local de Nascimento: Luanda

Estado Civil: Solteiro

Filhos: 2 (Tomásia Maura e o Mauro Junior)

Profissão: Coach e Consultor Político

Formação:

Licenciado em Direito, pela Faculdade de Direito da Universidade José Eduardo dos Santos - Huambo entre 2009 á 2013;

- Frequência do 2º ano do curso de Ciências Políticas - UAN - 2013/2014;

- Pós Graduado em Consultoria e Gestão Aeronáutica e Aeroportuária pela DBA - Brayer State University - Canadá entre 2015 á 2016;

- Frequência do 1º ano do Curso de Serviço Social - ISSS - 2015;

- Mestrado em Marketing Político e Organização de Campanhas (ECA-USP/Brasil) entre 2016 á 2017;

- Doutorando em Ciências Políticas e Gestão Estratégica de Partidos (The George Washington University - Washington DC) - 2018 á 2020.

 



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: