Luanda - Desde que me tornei adulto neste meu país aprendi ao longo dos anos que ninguém bate num cão morto. O Dr. Jonas Malheiro Savimbi dizia que "o preço de um homem de valor é levar caneladas".

Fonte: Club-k.net

Vi ao longo dos anos como inimigos de Savimbi lhe tratavam. Toda a máquina de propaganda foi mobilizada contra a sua pessoa. Movimentaram inúmeros engenhos mortíferos contra a sua pessoa.

 

Inventaram os mais horríveis vitupérios e causas em torno da sua pessoa. Mobilizaram a ONU para decretar sanções contra um homem e a sua organização partidária que unicamente falavam e lutavam em nome do povo explorado de variadas formas, incluindo pela corrupção que se tornou modo de ser e de estar dos detentores do poder político em Angola.

 

Essa campanha insidiosa contra Jonas Savimbi durou décadas, até que o assassinaram. Mesmo depois de morto continuaram a bloqueá-lo. O seu nome era proibido pronunciá-lo na televisão e na rádio públicas.


De 2003 e sobretudo quando o sistema percebeu que a UNITA que Savimbi deixou não se vergava aos seus apetites, vi surgir a outra onda de mentiras e calúnias contra o então Presidente da UNITA, Isaías Samakuva. Ora era dono de contas com milhões de dolares, ora era dono condomínios, ora era pai de Wandalika. A última das intrigas era que morria de amores por sua secretária.


E para não variar, nos dias de hoje, os laboratórios da intriga barata não desarmam, continuam de pé, montados e alinhados contra o novo Presidente da UNITA, Adalberto Costa Júnior. Desde Novembro de 2019 que assumiu a direcção do Partido , já se tornou destinatário de muitas fabricações. Estão assustados, nervosos e querem neutralizá-lo com invenções e intrigas.

 

O partido que conhecemos que tem dentro de si cidadãos caboverdianos e não só, que chegam a ocupar lugares de chefia em órgãos de defesa e segurança e na administração, é o MPLA. Este sim e sabemos disso há vários anos. Mas a UNITA, não. Adalberto Costa Júnior é de Tchindjendje, aí, bem no interior de Angola, é lá onde foi enterrado o seu umbigo. Esses esforços que visam desacreditar o HOMEM que representa a esperança dos angolanos vão como outros, caírem em saco roto. Os angolanos já identificaram/escolheram a UNITA como sua tábua de salvação e Adalberto Costa Júnior como o capitão do navio que navega em direcção ao Porto Seguro, destino de milhões.

 


Aprovem rapidamente as leis do Pacote Legislativo Autárquico e convoquem as primeiras eleições autárquicas. Façam reformas das instituições. Isso é o que o povo quer ouvir.

 



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: