Brasil - O ex-presidente de Angola José Eduardo dos Santos será ouvido em mais uma ação que acusa Lula de tráfico de influência em contratos do BNDES e da Odebrecht em Angola.

Fonte: GLOBO

O juiz Vallisney Oliveira, da 10a Vara Federal de Brasília, atendeu ao pedido do petista e determinou que os réus enviem suas perguntas ao ex-presidente de Angola José Eduardo dos Santos, que serão respondida por carta.

 

Além de José Eduardo dos Santos, outros ministros angolanos que participaram dos contratos e da linha de crédito do BNDES junto à Odebrecht também vão se manifestar. O objetivo da defesa de Lula é mostrar que a relação entre a empreiteira e o governo angolano existia antes do governo do PT.

 

O Ministério Público Federal alega que Lula praticou tráfico de influência nesses contratos e, em contrapartida, negociou repasses para o seu partido.

 

Ontem, o Tribunal Federal Regional da 1a Região (TRF-1) trancou uma ação penal contra Lula que tratava do mesmo tema. O ex-presidente Lula era acusado de influenciar contratos firmados entre o BNDES e a Odebrecht em Angola.

 

Mas neste caso, que acabou arquivado, porém, Ministério Público Federal (MPF) dizia que o ex-presidente Lula recebeu, em contrapartida, propina por meio de palestras e de seu sobrinho, Taiguara Rodrigues. Com o trancamento, a ação caso foi arquivada.

 



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: