Luanda - Tenho seguido atentamente o assunto relacionado a já "celebre" carta de impugnação a Deliberação da I Reunião Extraordinária da Comissão Política da UNITA dirigida à Sua Excelência Presidente do Partido e ao Digníssimo presidente do Conselho nacional de Jurisdição do partido, onde, nas redes sociais aparece meu nome como subscritor "dela".

Fonte: UNITA

NOTA DE ESCLARECIMENTO

Esclareço que não sou SUBSCRITOR. Não a subscrevi! Mas também não devo me opor aos seus subscritores porque, eles dirigirem-se a órgãos internos do partido. É a estes órgãos que compete a avaliação da mesma.

 

Preferi não me pronunciar publicamente no calor das variadíssimas reacções e faze-lo agora por razões que achei convenientes.

 

Aproveito o momento para dizer que como devoto militante, sou firme nas minhas posições e que elas são conhecidas internamente e têm sido manifestadas em fóruns internos (do partido) próprios e sempre respeitando os limites do estabelecido pelos documentos reitores. Sempre procurei tomar de consciência, sem coação e sempre dentro dos limites das regras estabelecidas as minhas posições. Não me arrependo de nenhuma delas. Com respeito escrupuloso ao estabelecido pelas normas, sou livre de me posicionar e a democracia do meu partido permite-me ser livre, tomando "livrementem" minhas posições.

 

Pelo que li sobre a referida carta, é dirigida para dois importantes órgãos do partido. Achei estranho o seu aparecimento e publicação em meios públicos (redes sociais)...

 

Pelo que entendi, ela devia ter tratamento exclusivamente interno.


Eu só sou militante do partido. Não sou mais militante que nenhum outro "militante". Mas não sou militante de ocasião e nem de oportunidade. Tenho um percurso de militância na UNITA quase igual a minha idade/minha vida. Tenho história na UNITA e fiz história com a UNITA.


Sou e serei membro desta grande família até ao fim de meus dias. Não sou da UNITA por ela ser liderada por A, Y, ou W. Sou da UNITA porque concordo com seus objectivos e princípios. Sou da UNITA porque sei que ela está estruturada de tal forma que, nada e nem ninguém poderá fazer dela o que quiser, mas todos seguirão o que ela é e como é. Sou da UNITA porque nela reside as inspirações da maioria dos angolanos para Angola dos seus desejos.

 

Apelo aos militantes do meu partido que acham que assuntos internos devem ser tratados a público, que estão errados. Deviam saber que, ao quererem fazer-se passar por melhores militantes que os outros, têm manchado a boa imagem do partido construída com muito sacrifício, honestidade, entrega, patriotismo e com espírito de militância que merece nosso grande respeito.

 

Nenhum militante está a cima do outro e nenhum militante pode pensar que pode substituir os órgãos do partido que existem para fins específicos.

 

Muito obrigado pela atenção de todos

Victor Hugo S. Plíneo (Plínio) Ngongo
Membro da Comissão Política

Luanda, 12 de Novembro de 2021

 



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: