Luanda - Depois de os Jovens Unidos Solidários (JUS) substituto do AJAPRAZ no consulado passado, afeto ao MPLA no passado sábado, às mídias estatais assim como as suas plataformas digitais terem vangloria-se pela sua capacidade de mobilização ao ter mobilizado 11000 motoqueiros para uma passeata de moção de apoio ao presidente do MPLA.

Fonte: Club-k.net

Horas depois as redesas sociais através das plataformas WHATSAP e FACEBOOK começaram a chover videos dos supostos participantes em moção de apoio ao presidente do MPLA Jlo como é carinhosamente apelidado que expunha a contratação destes para prestarem serviço e não para uma moção de apoio como foi transmito pelos organizadores do evento e o mesmo custou aos cofres do de estado 10.000.00 AOA por cada motoqueiro contratado acrescentando as despesas gráficas das camisolas e outros serviço não mencionados concluía-se que o estado desembolsou aproximadamente perto ou mais de 200.000.000.00 AOA.


Agora pergunta -se verdade o Jlo esta para corrigir o que está mal e melhorar o que está bem ou o MPLA sofreu uma metamorfose na força de fazer as coisas com novos autores?


A JMPLA tem estado a contribuir de forma positiva nas políticas gizadas pelo seu partido? Acredito que não porque o braço juvenil do MPLA Está mais é preocupada para quando é será a nossa vez.


A título de exemplo temos dois ministérios que são lideradas por jovens tais como o Ministerio das tecnologias e comunicação social que em qualquer parte do mundo a comunicação social é considerada como sendo o quarto poder pela natureza e conceção naquilo que são as suas atribuições que é informar com verdade e imparcialidade hoje vemos uma mídia usada para manipular o cidadão que a unica contribuição que traz sentimento de revolta. Caso para dizer que este órgão regrediu muito com a chegada de Jlo ao invés de corrigir o que está mal e melhorar o que está bom está é a piorar o que estava mais o menos piorar o que já estava mal. Quanto ao ministro do Matre prefiro reservar comentários.



Qual o papel de uma ala juvenil em um partido político? Salienta-se que a participação dos jovens na politica e importante pois abre novos horizontes para compreender como em cada contexto histórico e cultural a própria política pode ser reinventada. Desta forma os jovens são protagonistas cenário político porque hoje a disputa é de ideias. Ideias estas que a JMPLA não tem se perguntar a um jovem da JMPLA o que ele pensa para melhor o nosso sistema de educação, de saúde, saneamento básico, políticas públicas, e tantos outros certamente não estará ele preparado a responde porque a sua mente só está formatada para dizer viva Jlo avante Jlo é muito mais. Nos os jovens devíamos ser a força motriz de Angola e a JMPLA tem responsabilidades acrescidas por ser a ala juvenil do partido governo mas é a que esta mais perdida no espaço e no tempo. Porque foi formatada para combater a juventude que exige água, luz, um sistema de educação e saúde justa para todos. Apelidando-os de Unita inimigos da paz quando ele nem se quer paz tem porque não consegue pensar com a cabeça própria.



Gostaria de propor um debate nacional da juventude não para discutir partidos políticos mas sim para discutir o país fazendo uma analise profunda de onde viemos, onde estamos e para onde queremos chegar. Comparativamente a outros países da região. Começando pelo nosso sistema de educação, sistema de saúde, ensino técnico profissional, diversificação da economia e políticas de incentivo ao investimentos privado para gerar empregos, sistema de Justiça e o modelo de estado.


Luanda 07 de Dezembro de 2021



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: