Luanda - Família não pretende desligar suporte de vida de José Eduardo dos Santos. Governo angolano garante que continuará a custear as despesas do ex-Presidente. Local de eventual funeral pode ser problema.

Fonte: Observador

O governo angolano vai continuar a suportar todas as despesas de José Eduardo dos Santos, seja qual for a decisão médica tomada em relação ao ex-Presidente de Angola, assegurou ao Observador fonte do Executivo presidido por João Lourenço.

 

Segundo o Jornal de Negócios, a clínica onde o antigo estadista está internado teria informado a família que caso optasse por desligar o suporte de vida a que está ligado, o Estado angolano deixaria de pagar os custos. Perante essa indicação, os filhos terão respondido que assegurariam as despesas inerentes à sua decisão.

 



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: