Uige — O Tribunal Provincial do Uíge, indeferiu um pedido de habeas corpus, requerido pelos advogados de defesa dos 26 simpatizantes e militantes da UNITA presos desde o passado dia 24 de Março.

Fonte: VOA

Os presos foram detidos após confrontos com militantes do MPLA em Sanza Pombo e os advogados tentaram primeiro em Maio “a impugnação da medida de coação”.

 

Sem resposta os advogados remeeteram um pedido de Habeas Corpus que deveria ter sido respondido no prazo de oito dias o que não aconteceu.

 

“O nosso habeas corpus foi indeferido, então entendemos remeter um recurso de habeas corpus, dentro de poucos dias", disse o advogado Pedro Soares

 



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: