Luanda - A Procuradoria Geral da República, está a investigar a Directora da Maternidade do Lubango por desvio aos cofres do Estado de mais 100 milhões de kwanzas.

Fonte: Club-k.net

Médica oncologia, Irina Jacinto, foi inicialmente alvo de uma inspeção da IGAE, depois de ter sido denunciada que adjudicou de forma verbal serviços para a empresa de uma amiga resultando em pagamentos irregulares que se totalizaram em mais de 100 milhões de kwanzas.

 

Por considerar que havia indícios criminais, a IGAE remeteu o assunto a PGR que por sua vez constituiu arguida, a directora Irina Jacinto e a amiga.



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: